21/04/2020 às 9:39

Temporada de Resultados: o que esperar do 1T20

TC School TC School

Semana passada divulgamos um podcast aqui do TradersClub em que comentamos sobre a nova temporada de resultados das empresas, para o primeiro trimestre de 2020.

Quem não escutou, recomendo que escute no link abaixo:

 

Caso não entenda os conceitos básicos de contabilidade, leia o nosso texto clicando aqui. Adicionalmente, coloquei aqui algumas anotações que eu fiz para gravar o podcast:

Introdução sobre o que esperar da nova temporada de resultados das empresas

Basicamente 1 mês do primeiro trimestre de 2020 foi perdido, dado que em 11/03/2020, a OMS recomendou que evitássemos aglomerações.

É triste ver que as empresas vinham em uma boa tendência de recuperação, como a Via Varejo (VVAR3) tendo a melhor BlackFriday da história no 4t19. Essa série de recuperação será bem atrasada neste trimestre que chega.

Logo no início do caos no Brasil, a Lojas Renner (LREN3) foi a primeira a fechar suas lojas físicas e depois dela várias outras fecharam antes da quarentena começar de fato. Tem, inclusive, um TradeIdea meu da Via Varejo que falo disso em mais detalhes.

Quem deverá sofrer mais com as próximas temporadas de resultados

Quem tem muita exposição em negócios físicos deverá sofrer mais: varejo em geral e serviços.

Se olharmos para o Índice Cielo de Varejo Ampliado, por exemplo, víamos que, em janeiro, houve um crescimento nas vendas de 6,9% nominal e 3,1% real em relação a janeiro de 2019 e em fevereiro houve crescimento de 9,1% nominal e 5,2% real, em relação ao mesmo período do ano anterior.

Apenas em março as coisas começaram a desandar, por isso o efeito do Covid-19 não deve ser tão forte assim no 1t20. Mas no 2t20 as coisas podem ser bem ruins:

  • Consumo de bens duráveis chegou a cair 42%
  • Vendas no setor de serviços chegou a cair 53,7%
  • Já o consumo de bens não duráveis caiu apenas 0,2% de fevereiro a abril

Os bancos deverão estar mais expostos a um risco de inadimplência mais alto. Então devemos ter muito cuidado com aqueles bancos menores e que têm um controle de risco mais flexível.

É importante verificar a evolução de provisões nos bancos, principalmente nos bancos menos diversificados e com carteira muito focada em empresas menores e mais arriscadas.

Construção Civil vinha recuperando bem, principalmente em São Paulo, e agora deve ter redução de lançamentos.

temporada de resultados

Temporada de resultados: comentários específicos para o primeiro trimestre de 2020 (1T20)

Abaixo eu selecionei algumas empresas que divulgaram seus resultados após o caos ser instaurado, para tentarmos captar alguma tendência.

Temporada de resultados: Portobello (PTBL3)

Portobello (PTBL3): a companhia anunciou que no varejo tradicional, já no início da epidemia no Brasil, teve redução nos pedidos. Já no mercado externo, houve redução de embarques, mas não cancelamentos de pedidos para Europa.

Para os EUA não teve cancelamento e nem redução de embarques, no 1t20. O maior impacto foi, de fato, no mercado nacional. Para obras no Brasil houve queda, mas não tão expressivas… as quedas expressivas foram no varejo tradicional, como dito no início do parágrafo.

Temporada de resultados: Via Varejo (VVAR3)

Via Varejo (VVAR3): temos que ficar de olho no caixa da companhia, principalmente. A gestão da Via Varejo tem focado em aumentar suas vendas online, o que pode ajudar a segurar o caixa na quarentena.

Todavia, a nova diretoria, quando assumiu, estava bem confiante com a Bartira (marca de móveis) que depende bastante das vendas físicas (8% das vendas foram online no último trimestre).

No último mês, a Via Varejo também finalizou a investigação de fraude pela manipulação de provisões para processos trabalhistas e uso indevido da baixa de ativos e contabilização de passivos fora da competência mensal.

Todavia, tudo isso parece já ter sido resolvido dentro do 4t19 e nos próximos trimestres não espero grandes novidades em relação a este problema – mas pode haver, apesar de eu não esperar.

Temporada de resultados: Ser Educacional (SEER3)

Ser Educacional (SEER3): nas educacionais em geral, tem-se a preocupação com relação à retenção de alunos, pois aqueles que já estavam desmotivados deverão tender a não renovar as suas matrículas.

Além disso, o processo de captação de novos alunos foi quase que completamente paralisado. A Ser Educacional parou suas atividades presenciais, por exemplo, no dia 16/03.

De qualquer forma, isso não deve impactar a receita e a inadimplência do 1t20, mas, muito provavelmente, levará a:

  1. aumento de inadimplência no 2t20
  2. tentativa de renegociação de mensalidades
  3. redução da captação de novos alunos

Temporada de resultados: Cogna Educação (COGN3)

Cogna Educação (COGN3): a Cogna, por outro lado, informou que o processo de captação e rematrícula estavam caminhando independente do Covid-19, na educação superior.

Porém, informado pela empresa, devemos esperar impacto na receita e geração de caixa, além de efeitos na recuperabilidade dos ativos.

Outras questões contábeis básicas que devemos ficar atentos

A Recuperabilidade dos Ativos (pelo teste de Impairment) é um tópico que os investidores devem ficar atentos durante este ano de 2020, pós-Covid-19.

Deveremos ter muitos impairments dado que vai ser difícil recuperar o valor de alguns investimentos feitos pelas empresas.

Outro ponto que os investidores devem ficar atentos é quanto a possível sinalização para a criação de reservas para contingências. Esse mecanismo está previsto na Lei 6.404/1976, mas é raramente utilizado.

Eu fiz um levantamento recente, de todas as empresas da bolsa e só duas usavam a reserva para contingências, mas quando vamos olhar o número de fato, eram provisões e não reservas.

Se não sabe a diferença entre provisões e reservas, leia o nosso texto no TC School.

contabilidade e análise fundamentalista

Se quiser se aprofundar conhecimento sobre Contabilidade e Análise Fundamentalista para não ser mais enganado pelos números reportados pelas empresas, aprenda clicando aqui como não cair em armadilhas.

Qual é a implicação desses conceitos básicos de contabilidade para a temporada de resultados?

A implicação disso para o investidor é que devemos ter redução do pagamento dos dividendos, porque a reserva e os impairments reduzem os lucros disponíveis para distribuição.

Empresas como a Cemig já usaram uma estratégia parecida para reter dividendos este ano de 2020, como a criação da reserva de lucros a realizar.

A gestão da Cemig destacou que ainda não sabem dos efeitos que deverão sentir, mas que pode haver aumento de inadimplência e redução de consumo de energia que, em consequência, deve afetar o valor recuperável dos ativos.

Ou seja, devemos esperar que haverá indicação de impairment nos próximos trimestres. Talvez não neste, mas devemos esperar por isso nos próximos… e de forma mais generalizada.

Ficaremos de olho!

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub