TC School / Livros

Resenha de livro: A lógica do Cisne Negro (Nassim Taleb)

21/08/2020 às 15:00

TC School TC School

Neste texto, falarei sobre o livro A lógica do Cisne Negro, do Nassim Nicholas Taleb. Para um melhor entendimento, abordarei os seguintes tópicos:

  • O autor: quem é Nassim Nicholas Taleb?
  • A lógica do Cisne Negro: o que importa é o que ainda não sabemos
  • Por que investidores devem ler a lógica do Cisne Negro?

Boa Leitura!

Imagem do livro A lógica do Cisne Negro

Leia mais resenhas de livros:

O autor: quem é Nassim Nicholas Taleb?

Nassim Nicholas Taleb é um libanês que trabalhou como trader de derivativos na bolsa de Chicago. Após anos de experiência no mercado financeiro, hoje ele dedica-se a escrever ensaios sobre probabilidade e incerteza, possuindo um estilo de escrita bem característico. Além de A lógica do Cisne Negro, Nassim Taleb é autor de diversos outros livros: Silent Risk, Dynamic Hedging, Iludidos pelo acaso, the bed of procrustes, antifrágil, arriscando a própria pele e statistical consequences of fat tails. Os quais fazem parte do projeto incerto, relacionados a probabilidade e incerteza.

A lógica do Cisne Negro: o que importa é o que ainda não sabemos

Logo no prólogo do livro, somos apresentados a lógica do cisne negro: antes da “descoberta” da Austrália, todos os Cisnes Observados pelo homem possuíam a plumagem branca, sendo uma crença inquestionável até então a de que todos os cisnes eram brancos, pois era fartamente suportada por evidências empíricas, ou seja, era facilmente observada.

Todavia, o contato com o primeiro cisne negro nos remete a uma fragilidade do conhecimento baseado em observações. Essa é a lógica do Cisne Negro: um evento altamente improvável (em estatística, um outlier/eventos de cauda), desconhecido por natureza e capaz de mudar radicalmente e até de invalidar tudo o que se conhecia até então.

Nesse sentido, Taleb aponta que o problema do cisne negro consiste em estar exposto ao evento raro de forma que se tome decisões as quais não o levem em consideração (TALEB, 2009).

Mediocristão e extremistão

No livro, o autor apresenta os conceitos de “extremistão” e “mediocristão” os quais consistem em exemplos de como cisnes negros podem influenciar nossas observações baseadas na média de determinados eventos. Por exemplo, se analisarmos a altura de uma amostra de pessoas, é biologicamente improvável que exista alguém com altura muito superior à média do grupo. Mesmo que um indivíduo fosse muito mais alto que a média, isso ainda não invalidaria a média de altura da maioria das pessoas. Por outro lado, em uma amostra que apresente a riqueza de um conjunto de indivíduos, basta que um deles seja bilionário para que a média seja completamente distorcida.

Nesse sentido, o autor critica em todo o livro, as nossas tentativas em descrever a realidade em modelos estatísticos complexos, que servem para descrever eventos médios, mas que não são aplicáveis no “extremistão”.  Como exemplo, o autor critica duramente a curva de distribuição normal, ou curva em forma de sino, tão usada na estatística, a qual é utilizada como pressuposto para diversas aplicações de modelos quantitativos. Nem mesmo grandes nomes das finanças como Fischer Black, Myron Scholes e Harry Markowitz escapam das críticas do autor.

Reflexão: por que os investidores devem ler A lógica do Cisne Negro?

Mesmo estando a mercê do improvável, seja em nossos investimentos ou em nossa vida pessoal, somos inclinados a ignorar o fator incerto, devido nossa inclinação a observar a “média das coisas”. Após a conclusão do livro, o leitor pode ficar com a impressão de que o cisne negro causa apenas mudanças negativas em nossas vidas.

Nos mercados financeiros, além de perdas substanciais, os eventos raros podem representar excelentes oportunidades de ganhos. Por exemplo, o fundo “Universa”, assessorado por Taleb apresentou um retorno de 3.600% em março desse ano, no auge do pânico com o coronavírus. Neste sentido, os fundos do tipo Cisne negro ou tails founds possuem como principal estratégia de investimentos a aposta na ocorrência de eventos raros e imprevisíveis, utilizando-se de instrumentos financeiros derivativos que se beneficiam de colapsos do mercado.

Como principal lição para os investidores, a lógica do cisne negro também é um importante insight para que fiquemos atentos àqueles que realizam “previsões” no mercado financeiro, mas que não se arriscam baseados nestas previsões (skin in the game) quando o cisne negro aparece e leva suas previsões por terra. Estas pessoas apenas revisam suas planilhas Excel, e atualizam suas previsões, não pagando nenhum preço por isso.

Referências

TALEB, N. N. Errors, robustness, and the fourth quadrant. International Journal of Forecasting, v. 25, n. 4, p. 744–759, 2009.

Arlindo Souza
Arlindo Souza
Coordenador de Conteúdo | Cursos no TradersClub
Contador, Mestre em Ciências Contábeis. Foi professor/pesquisador do departamento de contabilidade da UFRN e atuou em contabilidade de S.A. É investidor com base em análise fundamentalista.

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub