19/06/2020 às 15:00

O investidor inteligente (Benjamin Graham)

TC School TC School

Nesse texto, falarei sobre o livro O investidor inteligente, escrito por Benjamin Graham. Independentemente do seu perfil de investimentos e de risco, considero o livro uma leitura obrigatória para qualquer investidor, visto que trata de conceitos importantes tanto para os iniciantes, como os mais experientes. Abordarei os seguintes conceitos presentes no livro:

  • Benjamin Graham – O pai do value investing
  • O investidor inteligente e as flutuações de mercado – sobreviva, e aproveite o caos!
  • A margem de segurança – o conceito central do investidor inteligente
  • Seja um investidor inteligente

Boa leitura!

o investidor inteligente

Leia mais resenhas de livros:

Benjamin Graham e o value investing

Antes de tudo, o livro trata de diversos temas relacionados ao mundo dos investimentos, desde os conceitos de investimento x especulação, inflação, dividendos, fundos de investimentos e diversos outros. Para a nossa resenha, focarei nos dois conceitos que julgo mais importantes no livro: as flutuações de mercado e a margem de segurança.

Além de O investidor inteligente, Benjamin Graham também é autor dos livros Security analysis e a interpretação das demonstrações contábeis. Para Jason Zweig (que participa do livro com comentários a cada capítulo) Graham foi o maior analista prático de todos os tempos, ao passo que, a partir de security analysis, os gestores de fundos passaram a fundamentar as suas decisões de investimento, invés de escolher as ações por pura e simples superstição.

Nesse sentido, Graham apresenta como tese central o investimento em valor (value investing) e seu desdobramento buy and hold, que consiste no investimento em ações de empresas sólidas, lucrativas e fortes geradoras de caixa, mantendo-as na carteira por um longo período de tempo, desde que não ocorram mudanças substanciais em seus fundamentos. Além disso, para Graham, você deve investir com a visão de dono de um empreendimento. Por exemplo, se os preços dos imóveis em sua região caíssem 5% em determinado período, você venderia seu imóvel de forma imediata? Se não, por que então venderia as suas ações?

O investidor inteligente e as flutuações de mercado

Podemos considerar que Graham estava à frente de seu tempo, ao indicar que boa parte das flutuações de mercado advinha de aspectos comportamentais dos investidores, e não somente pelos fundamentos dos ativos. Graham expôs o fator comportamental nos investimentos muito antes dos trabalhos seminais (SIMON, 1955; TVERSKY, KAHNEMAN, 1974; TVERSKY, KAHNEMAN, 1979) que deram origem às finanças comportamentais. O autor exemplifica que, na crise de 1929, algumas empresas eram cotadas por preços abaixo de seu caixa existente. Nesse sentido, essas empresas eram mais bem avaliadas mortas do que vivas, segundo as palavras do autor. Tais situações eram uma indicação do humor dos investidores naquele período, e não refletia o real valor das empresas.

Dessa forma, Graham enfatiza que o principal inimigo do investidor inteligente, e a única variável que este pode controlar em seus investimentos, é o comportamento dele mesmo. Warren Buffett, que escreve o prefácio da obra, explica que para investir, é necessária uma estrutura intelectual coerente para a tomada de decisões, além de ser capaz de controlar suas emoções. Assim, apenas você é responsável pela disciplina emocional.

Nesse sentido, ao investir em empresas sólidas, com bons fundamentos e que são capazes de atravessar momentos de crise, porque vender essas ações justamente quando seus preços estão na mínima? Ao invés disso, conforme Graham, o investidor inteligente deve aproveitar os momentos de pânico nos mercados para aumentar sua participação em ativos de valor, observando sempre a margem de segurança.

O senhor mercado e o investidor inteligente

Para explicar melhor as flutuações de mercado, Graham apresenta uma descrição ímpar do que é o mercado acionário na prática: um sujeito que oscila diariamente entre um otimismo exagerado em relação à realidade, e um sentimento de depressão que beira o fim do mundo. Esse sentimento pode mudar abruptamente, da noite para o dia. O autor argumenta que, tomar decisões de investimentos baseada nessas oscilações de humor do senhor mercado, é tornar-se escravo de seu jogo.

Ao invés disso, o investidor inteligente deve fazer negócios com o senhor mercado na medida em que este atenda aos seus interesses. Ou seja, não deixe que as emoções do senhor mercado interfiram em suas decisões de investimento. Use-as em benefício próprio.

Margem de segurança nos investimentos

O conceito da margem de segurança, em essência é o de que você nunca deve pagar um preço superior ao valor de um ativo. Graham enfatiza esse conceito em todo o livro, visto que, quanto maior essa margem (valor>preço) em uma decisão de investimento, mais confortável será a posição do investidor nas oscilações de sua carteira. Além disso, o autor apresenta filtros elaborados por ele, para escolha do que ele considera as melhores empresas.

Podemos exemplificar a margem de segurança como adquirir um ativo no valor de R$ 100 pagando R$ 70. Ou seja, setenta centavos para cada unidade de valor. Por outro lado, o investidor inteligente também deve tomar cuidado quando suas ações subirem a níveis muito acima de seu valor intrínseco. Nesse sentido, o investidor inteligente também deve ter conhecimentos necessários sobre avaliação de ativos.

Em outras palavras, preço importa sim senhor!!!

Caso não conheça os filtros de Benjamin Graham, sugiro a leitura do nosso texto sobre o assunto.

Seja um investidor inteligente

Após a leitura do livro, faça a seguinte reflexão: se os preços das empresas de sua carteira não aparecessem na tela de seu celular por um período de 10 anos, quais ações você manteria em seu portfólio, acompanhando apenas os fundamentos? Isso não quer dizer que o investidor inteligente não faça especulações ou aposte em empresas que tenham alto potencial de crescimento no futuro, mas que o investimento em valor deve ser o que norteia sua carteira.

Por fim, os conceitos transmitidos em o investidor inteligente, me permitiram não realizar perdas substanciais em meus investimentos no auge da queda de março desse ano. Lembrei que ao investir nas ações de minha carteira, tinha feito meu “dever de casa” como investidor, selecionando empresas com boa liquidez, geração de caixa e atentando principalmente para a relação preço x valor.

Referências

SIMON, Herbert A. A behavioral model of rational choice. The quarterly journal of economics, v. 69, n. 1, p. 99-118, 1955.

TVERSKY, Amos; KAHNEMAN, Daniel. Judgment under uncertainty: Heuristics and biases. Science, v. 185, n. 4157, p. 1124-1131, 1974.

TVERSKY, Amos; KAHNEMAN, Daniel. Prospect theory: An analysis of decision under risk. Econometrica, v. 47, n. 2, p. 263-291, 1979.

 

Arlindo Souza
Arlindo Souza
Analista de conteúdo | Mercado financeiro no TradersClub
Contador, Mestre em Ciências Contábeis. Foi professor/pesquisador do departamento de contabilidade da UFRN e atuou em contabilidade de S.A. É investidor com base em análise fundamentalista.

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub