02/03/2020 às 4:34

Não menospreze a importância do prazo dos investimentos

TC School TC School

Antes de tomar a decisão de um investimento, o investidor deveria seguir um check-list contendo:

  • Rentabilidade
  • Risco
  • Projeções
  • Perfil
  • etc

Cada item tem sua importância e precisa ser bem observado. Mas tem um item específico que muita gente menospreza a sua importância e, por isso, acaba não tirando o melhor proveito ou, até mesmo, se prejudicando: trata-se do prazo do investimento.

 

Por que entender o prazo do investimento é fundamental?

Saber bem o prazo que precisa para os investimentos é fundamental. Evita-se, dessa forma, que se programe para investir de olho em uma década, mas escolha uma opção que te dará retorno em três ou quatro anos. Isso fará com que seja necessário reinvestir o dinheiro, pagar imposto de renda desnecessário e ainda correr o risco do reinvestimento.

A Anbima realiza todo ano o Raio X do Investidor. Nessa pesquisa, a instituição traça o perfil de investimento e preferência dos brasileiros. No último ano, mostrou que a média de duração dos investimentos é de nove anos. Mas, por incrível que pareça, escolhem opções que focam no curto prazo e fornecem liquidez imediata e baixo risco.

Entrar no quesito do risco do investimento não é necessário porque é algo pessoal. Ninguém deve ser forçado a investir em algo arriscado se tem o perfil conservador. Mas a liquidez pode e deve ser adequada ao prazo. Se não precisa do dinheiro para suprir uma urgência ou no curto prazo, não há necessidade de prezar pela liquidez. Quanto maior a liquidez, menor a rentabilidade esperada.

Se a meta é permanecer com o dinheiro do investimento por quase uma década – sem contar com ele para emergência – não há necessidade de exigir liquidez diária ou próximo disso. Na verdade, muitos nem exigem, apenas desconhecessem ou se sentem inseguros. Por isso, preferem deixar o dinheiro na poupança ou CDBs de dois, três anos.

É preciso mudar os conceitos e propagar a informação para que os investimentos passem a ser vistos como um catálogo que oferecem opções diferentes para diferentes tipos de necessidades. Se o dinheiro ficará lá por muito tempo, a procura tem que ser por algo que atenda a essa expectativa e possa dar o melhor retorno nesse período.

 

Os erros do pensamento errado sobre os prazos dos investimentos

Nada de perpetuar o pensamento de: “É pra 10 anos, mas vai que preciso dele no ano que vem….”.

São dois erros nesse caso:

  1. Primeiro que usará um dinheiro para emergência em um investimento de longo prazo
  2. Segundo que não deixará que cada investimento cumpra seu papel. Se há o risco de utilizar o dinheiro para emergência, que a reserva de emergência seja montada antes de qualquer coisa.

Essa é uma mudança fundamental para todo e qualquer investidor aproveitar ao máximo o que cada opção tem para oferecer. Seria como ter uma Ferrari e só andar com ela a 50km/hora. Dinheiro jogado fora. É o mesmo com os investimentos.

Claro que nada deve ser forçado. Para isso, é preciso ajustar expectativa, entender os medos, receios, controlar a ansiedade e, acima de tudo, respeitar a tolerância e capacidade ao risco de cada um. Nesse último quesito, somente o próprio investidor é quem pode ter o controle!

Para saber mais sobre as diversas opções de investimentos existentes no mercado, confira a nossa série de vídeos sobre os Primeiros Passos para investir melhor o seu dinheiro.

Conte conosco!

Raphael Carneiro
Jornalista e investidor
Trabalha com educação e planejamento financeiro. Possui certificação em Gestão de Finanças Pessoais e atua no mercado financeiro brasileiro há cinco anos

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub