26/02/2019 às 12:58

6 – Demonstração do resultado abrangente: o lucro é o fim?

Felipe Pontes Felipe Pontes

No texto anterior vocês conheceram a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) e viram que olhar apenas o lucro ou prejuízo (resultado) pode te levar a tomar decisões erradas com relação à análise do desempenho das empresas.

Neste texto vocês perceberão que o lucro realmente não é o fim. Existem outras informações mais amplas que podem afetar a sua percepção sobre o desempenho da empresa.

Essas informações mais amplas são chamadas de outros resultados abrangentes que não foram reconhecidos na DRE, porém afetam o patrimônio líquido.

O QUE É A DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO ABRANGENTE (DRA)

A Demonstração do Resultado Abrangente (DRA) é uma demonstração contábil mais recente aqui no Brasil e nos possibilita verificar as mutações no patrimônio líquido decorrentes de ganhos ou perdas não realizados, mas que poderão vir a afetar o lucro líquido e os fluxos de caixa da empresa no futuro.

São itens que podem transitar pela DRA e não pela DRE:

  • Ganhos ou perdas atuariais com planos de pensão com benefício definido para os empregados da empresa;
  • Ganhos e perdas derivados de conversão de demonstrações contábeis de operações no exterior;
  • Ganhos e perdas derivados de alguns instrumentos de hedge;
  • Entre diversas outras aplicações definidas no Pronunciamento Contábil CPC 26 ou outros pronunciamentos específicos.

PRA QUE SERVE A DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO ABRANGENTE (DRA)

Como visto anteriormente no texto sobre a DRE, o confronto das receitas com as despesas nos apresenta o resultado realizado no período considerando o regime de competência. Contudo, é possível que existam outros itens que não foram ainda realizados, mas que poderão afetar o desempenho futuro da empresa (por meio do lucro e do caixa).

Nesse sentido, a Demonstração do Resultado Abrangente (DRA) poderá auxiliar o analista ou investidor a entender melhor, por exemplo, como a empresa está gerenciando outros itens que ainda não afetaram o lucro líquido ou o caixa da empresa.

O exemplo abaixo é a DRA da Sanepar em 2018, onde podemos ver que a empresa teve um ganho pelo bom gerenciamento do seu passivo atuarial (obrigação que a empresa tem com relação à aposentadoria dos funcionários, em linhas gerais), compensando uma perda atuarial em 2017. Esses itens não afetaram o lucro do ano, mas são indicadores de que podem afetar no futuro e o investidor espera que o impacto seja positivo, para que a empresa não tenha que desembolsar recursos adicionais.

Demonstração do resultado abrangente

A título de curiosidade, se buscarmos nas notas explicativas podemos observar que os investimentos feitos para o plano de aposentadoria e de assistência médica dos funcionários da Sanepar (que gerou esse ganho atuarial) investe basicamente em renda fixa (77%) e muito pouco em renda variável (6,8%) e que a prática de day-trade é vedada. Mas notas explicativas é um assunto para outro texto e veremos que às vezes elas não são tão explicativas assim.

Felipe Pontes

Felipe Pontes

Diretor Educacional do TradersClub

Doutor em Contabilidade com foco em informações contábeis para o mercado de capitais pelo Programa UnB/UFPB/UFRN.
Professor de Contabilidade e Valuation.
Gestor de Clube de Investimento.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub