TC School / Análise Técnica

Janelas de alta e janelas de baixa na análise técnica

19/05/2020 às 16:27

TC School TC School

Desde já, as janelas de alta e de baixa são formações que nos ajudam a confirmar a força com que o mercado está se movimentando. Elas podem ser fator de decisão principalmente em rompimentos de topo em tendência de alta. 

 Nesse sentido, vamos falar dos padrões de janela, abordando: 

  • Janela de alta (Rising Window) 
  • Candles – Janela de Baixa (Falling Window) 
  • Como operar janela? 

Janela de Alta (Rising Window) 

 Em primeiro lugar, a Janela de alta, tem como principal característica demostrar euforia e força no movimento de preços.  Desta forma, este padrão é essencialmente formado por duas barras. Os dois candles são de alta e apresentam um GAP entre eles. 

 O GAP nada mais é do que o espaçamento entre um candle e outro que é criado por uma diferença entre o fechamento vigente e a abertura do posterior. Dessa forma, a formação desse GAP se dá pela forte pressão de compra ou de venda entre os candles, ou seja, um desequilíbrio entre oferta e demanda.

Vamos a um exemplo prático: Engie (EGIE3)

Janelas de alta e janelas de baixa na análise técnica

Fonte: plataforma Tryd

Podemos ver a partir desse exemplo prático que o mercado trabalhava com mais conforto na faixa dos R$ 42 aos R$ 44. No entanto, começou a movimentar na tentativa de  rompimento, formando um topo e um fundo em dezembro de 2019 e logo após um rompimento que demonstrou força por meio da formação de uma janela de alta, formada próxima linha de resistência daquele movimento.

Janela de Baixa (Falling Window)

Por outro lado, a janela de baixa possui o mesmo modus operandi  da janela de alta. Ou seja, a diferença essencial entre eles é que a janela de baixa é formada quando mercado está caindo com grande força no lado da oferta de um ativo. Ele é composto por um candle de baixa, seguido de dois candles também de baixa, sendo separadas por um GAP.

Janelas de alta e janelas de baixa na análise técnica

Vejamos na prática: Oi (OIBR3)

Janelas de alta e janelas de baixa na análise técnica

Fonte: plataforma Tryd

Comentário: diferententemente do exemplo operacional anterior, aqui notamos um mercado muito mais volátil e agressivo. Ainda assim, ele passa por pequenos momentos de consolidação em várias faixas de preço diferente. Ou seja, essa caracteristica demonstra um alto nível de incerteza dos agentes quanto ao papel. Outro ponto importante é que mesmo com essa volatilidade, os momentos que ele demonstrou certo nível de estabilização foi por volta de R$ 1,50. Nesse contexto, seria possível entrar nessa operação com rompimento do suporte gerado pela janela de alta por volta de R$ 1,80. De fato, é uma operação arriscada e de entrada e  timing difícil, mas possível, sempre utilizando stops mais curtos nesse tipo de contexto.

Como operar a janela?

A janela  é um padrão interessante, apesar de não ser tão famoso como o spinning top, ele é um padrão que deve ser operado próximo as zonas de suporte ou resistência, buscando rompimentos aproveitando a força do mercado buscando a continuação do movimento. Todavia, nesses casos, o stop deve ser escolhido de acordo com a confiabilidade do movimento, ou seja, observa-se volume, volatilidade  e a tendência do mercado.

Você também pode querer ler:

  1. Introdução à Análise Técnica
  2. Preço e Volume
  3. Movimentos Randômicos
Natanael Liberalino
Natanael Liberalino
Certificado de Especialista em Investimentos – CEA/ANBIMA
Estudante de Economia

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub