TC Mover
Mover

TC Leituras: sugestões para o final de semana

Postado por: TC Mover em 02/08/2019 às 13:00

A Amazônia está se aproximando de um ponto de inflexão irreversível (The Economist)

Desde os anos 1970, uma Turquia foi desmatada na Amazônia, e a temperatura média local aumentou 0,6°C. O ritmo de desmatamento chegou a cair entre 2004 e 2012, mas voltou a crescer desde o governo Dilma Roussef — em parte por conta de novas regras, mas também porque a recessão forçou a redução de verbas do Ministério do Meio Ambiente. Em 2019, contudo, alcançou-se um ritmo de desmatamento alarmante, e possivelmente este ano se encerrará com dados recordes. Em uma reportagem especial recheada de dados como estes, a revista britânica The Economist faz um alerta para o que ocorre na Amazônia, floresta fundamental para o ecossistema global. Em editorial, aliás, a Economist pede boicote a produtos brasileiros produzidos na região desmatada. Leia aqui: https://econ.st/2LWrOFR

 

Em 40 anos, metade dos EUA ganhou só US$ 200 a mais (Folha)

— Em um dos capítulos de sua série especial sobre a desigualdade no mundo, a Folha de S. Paulo investiga o que acontece nos Estados Unidos. Hoje, o 1% mais rico nos EUA captura o equivalente a toda a renda que antes ficava com a metade mais pobre. Essa, por sua vez, viu sua participação no total de rendimentos cair quase à metade, para 12,5%, desde os anos 1980. Enquanto os super-ricos prosperaram, os EUA convivem há quase 40 anos com a estagnação da renda da sua metade mais pobre. De 1980 para cá, o valor médio dos rendimentos anuais brutos desse segmento aumentou meros US$ 200 (R$ 760), para US$ 16,6 mil ao ano. Ao mesmo tempo, a renda média anual bruta dos 10% mais ricos dobrou (para US$ 311 mil); e a do 1% no topo triplicou (US$ 1,3 milhão). Leia aqui: http://bit.ly/2KeTSCp

 

Livro da semana: “A Guerra: a ascensão do PCC e o mundo do crime no Brasil”

Na semana em que houve o pior massacre em cadeias desde o Carandiru, recomendamos este livro que traz um histórico da ascensão do PCC no país. Embora o ocorrido em Altamira não tenha, ao que parece, relação direta com o PCC, a obra dá um contexto do crime organizado no Brasil e de como as péssimas condições de presídios e o encarceramento em massa alimentam as facções criminosas em todo o território brasileiro. Mais informações: https://amzn.to/2ywk1pN

Ficha técnica: “A Guerra: a ascensão do PCC e o mundo do crime no Brasil”. Manso, Bruno Paes; Dias, Camila Nunes. Editora Todavia. 318 p.

 

(Foto: revista The Economist/Reprodução)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis