TC News
News

Mercados sobem com sinalização do Fed, cenário para reforma mais severa 

Postado por: TradersClub em 31/01/2019 às 10:05

Os mercados futuros de câmbio, juros e renda variável mostravam desempenho bastante positivo nesta quinta-feira, o último pregão de janeiro, na esteira do bom humor nas maiores praças financeiras do mundo com a sinalização de pausa nas altas dos juros nos Estados Unidos e a perspectiva da apresentação de um projeto de reforma da Previdência mais severo do que o mercado esperava.

 

No entanto, o investidor se mantém atento ao desfecho da segunda e última rodada de negociações comerciais entre os EUA e a China; é possível que o presidente americano Donald Trump participe de alguma das reuniões de hoje. Existe apreensão pelas implicações do indiciamento da empresa chinesa Huawei nos EUA e das demandas dos americanos para que a China pare com as transferências forçadas de tecnologia.

 

O dólar cai e os juros mostram forte ajuste à baixa com a sinalização de que prefeitos e governadores devem majoritariamente apoiar a reforma caso o projeto tenha aplicação imediata nas contas dos Estados e municípios também impulsiona o ânimo, além dos comentários de um alto funcionário do Ministério da Economia de que o presidente Jair Bolsonaro quer que as mudanças nas regras da aposentadoria valham para servidores civis e militares.

 

O futuro do Ibovespa subia 0,8% e apontava para abertura ao redor dos 97.900 pontos – cada vez mais perto dos inéditos 100 mil pontos. O dólar futuro recuava 0,6% a R$3,6774 às 09h45. Já o juro futuro do DI para janeiro seguinte chegou a recuar 5 pontos-base, mas negociava 3 pontos a menos, a 6,39%. O futuro do índice Dow Jones Industrials recuava pouco menos de 0,03%, enquanto o do S&P500 subia 0,1%.

 

Mesmo assim, o câmbio deve ter sessão volátil, em meio à formação da Ptax de janeiro e com leilões, tanto de rolagem de swap de março como de linha. Fique de olho nos movimentos dos papéis da Petrobras e, especialmente, da Vale – que está com noticiário cheio com os desdobramentos da tragédia de Brumadinho.

 

(Foto: Bolsonaro – NBR).

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis