TC Mover
Mover

Trump recorre à mídia em tentativa de pressionar Fed contra alta nos juros

Postado por: TC Mover em 18/12/2018 às 15:38

— O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conhecido por ser um feroz crítico da mídia, hoje recorreu a um editorial do The Wall Street Journal como argumento em sua campanha para que o Federal Reserve não aumente os juros, movimento que, embora esperado, tem deixado os mercados em polvorosa nas últimas semanas.
— Na coluna editorial “Está na Hora de o Fed Fazer Uma Pausa”, o WSJ defende que “simplesmente não há sinais de um surto inflacionário” e que “sinais econômicos e financeiros sugerem que ele (Jerome Powell, presidente da autarquia) deveria pausar” o aperto monetário.
— O editorial reforça os argumentos de Trump, que há meses vem atacando o processo de normalização monetária da autarquia e também Powell, inclusive de forma pessoal, sob o argumento de que a economia americana está forte e não deveria ser freada. Hoje, no Twitter, ele disse esperar que os membros da autarquia leiam o jornal e para que o Fed “não cometa outro erro” e “não deixe o mercado com menos liquidez do que já está”.
— Este ano, o Fed já elevou juros três vezes, dando continuidade a um processo de normalização monetária iniciado em 2015, que tem por objetivo evitar que a inflação americana descole das metas. Para os defensores, a medida é necessária agora para que a autarquia tenha margem também para reduzir as taxas e estimular a economia, em meio a projeções de que os EUA entrem em recessão em 2020.
— Ontem, o índice S&P500 renovou mínima do ano e o índice Dow Jones Industrials perdeu os 24 mil pontos com temores quanto ao aumento dos juros, ampliando a deterioração vista nas últimas semanas devido a preocupações com o crescimento global.
— Alguns investidores também estão preocupados com o tom do comunicado e da coletiva de Jerome Powell. O consenso espera uma elevação da chamada taxa Fed funds de 2,25% para 2,50% e, embora uma alta esteja precificada, o Fed raramente elevou os juros em meio à turbulência do mercado, disseram economistas.
— A decisão do FOMC, o comitê de política monetária do Fed, deve ser divulgada amanhã, às 17h00.

Foto: WSJ/Reuters

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis