TC Mover
Mover

Lula, ou Haddad, focam mais em política e instituições do que na economia

Postado por: TC Mover em 15/08/2018 às 10:44

Currículo: Luiz Inácio Lula da Silva é pré-candidato à Presidência da República pelo PT. Lula foi presidente da República entre 2003 e 2010, é ex-deputado federal e está preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da operação Lava Jato. Até o momento, Lula lidera as pesquisas de intenção de votos, mas deve ser barrado por conta da Lei da Ficha Limpa.
— Atualmente, o vice da chapa do PT é o ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação Fernando Haddad. O PT firmou aliança com o PCdoB, estabelecendo que a ex-deputada federal e deputada estadual Manuela D’Ávila, do PCdoB, assuma como vice após o registro da chapa. Mas, como a candidatura de Lula pode ser impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral, é possível que Haddad concorra à Presidência em chapa com D’Ávila.

  • Agenda econômica: prevê utilização das reservas para investimentos em obras prioritárias, fomentando também parcerias com setor privado. Nega a existência de grave crise fiscal.
  • Reforma da Previdência: Haddad fala em retomar o debate, começando pelo regime próprio e revisão de privilégios dos funcionários públicos anteriores a 2003. Não trabalha com ideia de capitalização da Previdência.
  • Reforma tributária: defende simplificação por meio da criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA) e a isenção de imposto de renda para quem ganha até cinco salários mínimos. Tributaria a distribuição de lucros, dividendos e os grandes patrimônios.
  • Reforma trabalhista: prevê a revogação da reforma aprovada no governo Michel Temer; Lula disse que consultaria a população sobre a continuidade das reformas.
  • Teto de gastos: plano de governo do PT prevê a revogação da medida.
  • Reforma bancária: o projeto prevê tributos maiores para spreads maiores, como forma de estimular o crédito.
  • Reforma do Judiciário: partido, grande crítico da Operação Lava Jato, cogita mandato de pouco mais de dez anos para ministros do Supremo Tribunal Federal e Superior Tribunal de Justiça.
  • Reforma política: propõe reforma política para “garantir direitos”, realização de eleições legislativas no segundo turno.
  • Regulamentação dos meios de comunicação: quer promover democratização da mídia e evitar interferência política e econômica dos conglomerados da informação.
  • Estatais: é contrário às privatizações e venda de ativos.
  • Equipe econômica: é assessorado por Márcio Pochmann.

Créditos da imagem: Bruno Rocha/Fotoarena/Estado
Disclaimer: este texto foi elaborado com declarações públicas do candidato e/ou assessores e equipe econômica.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis