TC Mover
Mover

Com exterior sem direção, anúncios de Bolsonaro devem marcar início da semana

Postado por: TC Mover em 05/11/2018 às 8:46

Na volta do feriado, o mercado local fica atento à turbulência externa, que deve ganhar mais força com as divergências no discurso americano sobre a disputa comercial com a China, às tentativas desta de se colocar como a maior apoiadora da globalização e às eleições de meio de mandato dos Estados Unidos que terminam amanhã. Os mercados na Ásia fecharam maioritariamente em queda na esteira dos comentários de Larry Kudlow, o assessor econômico do presidente dos EUA, Donald Trump, jogando água fria na possibilidade de um acerto rápido com a China na questão comercial. Já as eleições conhecidas como midterms nos EUA serão o termômetro da habilidade de Trump para evitar a perda de controle do Congresso dois anos antes da sua possível reeleição.

 

É importante relembrar que o mundo está se tornando cada vez menos benigno com o Brasil, o que faz a tarefa do novo presidente, Jair Bolsonaro, mais desafiadora. Vimos ao longo da semana passada como a volatilidade externa frustrou o que o investidor local esperava que fosse um rali pós-eleitoral muito forte. Mesmo após uma série de anúncios vistos como positivos pela maioria do mercado, a mensagem dos investidores para Bolsonaro é clara: “não haverá tolerância para erros de estratégia ou por lentidão na condução da agenda legislativa”, disse o economista-chefe do Banco Safra, Carlos Kawall, em relatório. Assim, bolsa, juros e câmbio devem operar com um olho no exterior e outro na agenda de anúncios, no andamento da equipe de transição e nas negociações com o Congresso para a passagem da ambiciosa agenda legislativa de Bolsonaro.

 

Fique atento à reação do mercado de renda fixa aos números de inflação do Fipe, que vieram acima do consenso em outubro. Hoje teremos também o relatório Focus, que deve refletir a decisão do Copom de manter a taxa básica de juros Selic inalterada – amanhã, o Banco Central divulga a ata da reunião de semana passada. Hoje teremos também, no exterior, uma bateria de indicadores de atividade manufatureira, na Europa e nos EUA. Porto Seguro e Duratex soltam seus balanços antes da abertura; à noite será a vez de pelos menos seis companhias, entre elas Magazine Luiza, BTG Pactual e BB Seguridade.  

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

— A segunda-feira começa com uma queda no apetite por ativos de risco mundo afora e com a intensificação da cautela envolvendo o aumento de juros nos EUA e a relação comercial do país com a China.

 

— O presidente chinês, Xi Jinping, abriu uma importante feira que promove importações na região defendendo o compromisso chinês com o livre comércio e prometendo baixar impostos para a entrada de produtos no país. Apesar da retórica, a bolsa chinesa fechou o pregão em queda, contaminando outros índices asiáticos.

 

— Na Europa, as sinalizações mais claras de um possível acordo entre o Reino Unido e a União Europeia para o Brexit ajudaram a elevar a libra para o melhor patamar das últimas duas semanas. Representantes da premiê Theresa May disseram ao jornal Sunday Times que 95% do acordo já estaria definido, ajudando a acelerar o otimismo na região.

 

— Os preços do petróleo passaram a cair após os EUA anunciarem permissão temporária a oito importadores de petróleo iraniano de continuarem a comprar a commodity do país, mesmo com as  novas sanções.

 

Noticiário corporativo para começar o dia bem informado

 

Citigroup pode reduzir o ritmo de investimentos no Brasil se as reformas fiscais não forem aprovadas. A afirmação foi feita ao Valor Econômico pelo executivo-chefe global do banco, Michael Corbat.

Petrobras: Estatal deve voltar a divulgar números fortes para o balanço do terceiro trimestre nesta terça-feira, disseram contribuidores TC.

Suzano: Cade dá aval definitivo para fusão entre Fibria e Suzano.

BTG Pactual: Deve comprar fatia da Inspira Educação.

Saraiva: Em negociações para apoio em meio a recuperação judicial, diz jornal Valor.

Magazine Luiza: Analistas esperam terceiro trimestre sólido, porém menos forte do que o segundo trimestre. Varejista divulga resultados hoje à noite.

Itaú Unibanco: Copresidentes do conselho dizem que maior banco do país retomará expansão internacional com limitações à expansão interna.

Incorporadoras: Setor surpreso com fim de isenção no programa Minha Casa, Minha Vida.

Cosan: Cancelou incorporação da Cosan Logística.

Kraft Heinz: Reportou queda de 33,2% no lucro na base anual.

Mercado Livre: Recebeu licença do Banco Central para ser instituição de pagamentos.

Cemig: Concluiu venda de ativos de telecomunicações por R$654,4 milhões; Moody’s elevou rating da companhia.

Santander Brasil: Conselho aprovou programa de aquisição de units.

 

Agenda do dia


Indicadores nacionais

— 05h00: IPC de outubro – Fipe; anterior  0,39%

— 08h25: Relatório Focus – BC

 

Indicadores internacionais

— 07h30: PMI de Serviços do Reino Unido em outubro; consenso 54

— 07h30: PMI de Serviços do Reino Unido em outubro; consenso 54

— 07h30: Confiança do Investidor Sentix da Zona do Euro em novembro; consenso 11,7

— 12h45: PMI Composto Markit dos EUA em outubro; consenso 54,8

— 12h45: PMI de Serviços dos EUA em outubro; consenso 54,7

— 12h00: Atividade Empresarial Não Manufatureira ISM dos EUA em outubro; consenso 64,5

— 13h00: PMI ISM Não-Manufatura dos EUA de outubro; consenso 60,0

— 20h30: Gastos Domésticos no Japão em setembro; anterior 3,5% na base mensal

 

Eventos
— N.D.: Ministros da Zona do Euro se reúnem em Bruxelas

— 09h00: Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, tem reunião com o governador eleito de São Paulo, João Dória

— 17h00: Reunião Apimec com Duratex em São Paulo

— 22h00: Ministro Guardia participa ao vivo do programa Roda Viva, da TV Cultura

 

Resultados Corporativos

Antes da abertura: Duratex, Porto Seguro

Depois do fechamento: Marfrig, Magazine Luiza, BTG Pactual, Vulcabras Azaleia, BR Distribuidora, BB Seguridade

N.D.: Banco Pan

 

Teleconferências

— 17h00: Duratex

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis