TC Mover
Mover

Deputados divergem sobre idade mínima para aposentadoria, aponta pesquisa

Postado por: TC Mover em 19/02/2019 às 16:57

Sete em cada dez integrantes da Câmara dos Deputados são contrários a uma idade mínima de 65 anos para ambos os gêneros se aposentarem, diz o Paraná Pesquisas, o que sugere um embate político duro na casa a partir da chegada da proposta de reforma da Previdência na quarta-feira.

 

De acordo com o levantamento, dentro do quórum dos contrários à idade mínima igual de 65 anos – como era defendido pelo Ministério da Economia –, 35,6% dos deputados endossam o texto final do governo de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres; 30,1% não são a favor de fixação de idade mínima; enquanto 17,8% preferem 62 para homens e 57 para mulheres. Um total de 16,5% não opinou.

 

O projeto de mudança nas regras de aposentadorias, cujo objetivo é ajustar a trajetória alarmante da dívida pública, será enviado à Câmara pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, sob expectativa positiva do mercado, apesar dos recentes ruídos políticos envolvendo a demissão de ministro e movimentações financeiras atípicas de seu filho Flavio.

 

Questionados sobre se este é o melhor momento para levar adiante a reforma “levando em consideração o contexto político e econômico que o Brasil enfrenta”, 73% dos deputados consultados responderam “sim”; 24,6% disseram “não”, e 2,4% não sabem/não opinaram.

 

A pesquisa do Paraná Pesquisas, que ouviu 233 parlamentares dentre os dias 11 e 14 de fevereiro, revela também que 83,1% são favoráveis à inclusão de militares na reforma, 89,1% apoiam a entrada dos servidores públicos e 91,1%, dos funcionários do Poder Judiciário.

 

(Foto: Plenário da Câmara/Divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis