TC Mover
Mover

Comércio e shoppings da cidade de São Paulo podem reabrir com restrições na segunda

Postado por: TC Mover em 28/05/2020 às 13:39

O comércio e os shoppings da cidade de São Paulo poderão reabrir com restrições durante 15 dias a partir da próxima segunda-feira, 1º de junho, de acordo com plano de reabertura gradual da economia do Estado de São Paulo, a chamada “retomada consciente”, anunciado pelo governador João Doria, pelo prefeito Bruno Covas e por secretários estaduais nesta quarta-feira. A quarentena foi prorrogada até o dia 15 de junho, mas haverá flexibilização da medida em algumas regiões do Estado a partir de junho.

 

Pelo plano, a capital paulista, que está no critério laranja, já poder ter a retomada de funcionamento de concessionárias, imobiliárias, escritórios, comércios e shoppings centers, mas ainda com restrições de horário de fluxo de clientes. “No caso de reabertura de shoppings, seria com 20% dos frequentadores e com funcionamento reduzido a quatro horas”, detalhou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento de SP. Amanhã, Covas anuncia, em coletiva de imprensa, mais detalhes do plano, que terá cinco fases. Na Grande São Paulo e Baixada Santista, o isolamento não muda, por enquanto.

 

Até 15 de junho, segue a interdição total de espaços públicos, teatros, cinemas e eventos que geram aglomerações. Aulas presenciais e retomada da frota de transportes permanecem sem previsão de retomada. Bares e restaurantes e salões de beleza vão poder reabrir com restrições no Estado na fase 3, enquanto academias voltam na fase 4.

 

A última e quinta fase é o chamado “normal controlado”. Doria alertou, porém, que as autoridades podem voltar atrás se os índices da pandemia piorarem. A cada quarta-feira haverá anúncio do estágio da reabertura de atividades e por regiões. (Bárbara Leite/KL)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis