TC Mover
Mover

Bolsonaro, Lula são foco em dia de exterior ameno

Postado por: TC Mover em 28/08/2018 às 8:12

A entrevista de ontem do candidato Ciro Gomes ao Jornal Nacional foi uma prévia do que os candidatos devem esperar desse evento, que trará outros quatro pretendentes ao Planalto durante a semana. O candidato de esquerda passou sufocos, foi questionado abertamente por suas pautas populistas e suas contradições. Gomes, que tinha se dado bem em debates e entrevistas anteriores, teve desempenho regular. Hoje o turno será para Jair Bolsonaro, que não é tão hábil com a lábia quanto Ciro, mas não poupa respostas duras quando se sente pressionado.

 

Mais um elemento em relação a Bolsonaro deve atrair o olhar do investidor: a primeira turma do Supremo Tribunal Federal deve decidir se o candidato deve virar réu, mais uma vez, por suposto racismo. A verdade é que esses julgamentos da Corte deixam um sabor um tanto amargo na boca, especialmente em meio à campanha. Ontem à noite, o ministro do mesmo tribunal, Edson Fachin, liberou para julgamento do plenário os embargos de declaração interpostos pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando seu habeas corpus foi negado em abril. Enquanto isso, Lula, preso por corrupção, deve aparecer na propaganda eleitoral gratuita.

 

Essa insegurança jurídica pode pesar na recuperação dos ativos brasileiros hoje, mesmo na esteira de humor externo bom e de alta nas commodities. Ontem as bolsas americanas tocaram novas máximas, o que contaminou positivamente os mercados asiáticos e europeus no pregão de hoje. Câmbio, juros e bolsa brasileiros podem reagir bem a esse ambiente, que também inclui queda no dólar americano. Mas é necessário manter a cautela, porque o cenário está se tornando binário e volátil.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado em um minuto, segundo Contribuidores TradersClub

 

— Câmbio: pode seguir exterior com melhora para ativos emergentes após acordo México-EUA. Investidor de olho nas notícias judiciais sobre Lula e Bolsonaro.

 

— Juros: pode seguir câmbio, de olho na agenda eleitoral.

 

— Bolsa: deve seguir melhora para emergentes, de olho nos preços das commodities. Mercado mantém cautela com noticiário político-eleitoral.

 

Ações: Marfrig, com mudança no acordo com o BNDES para acelerar desalavancagem; Petrobras, que admitiu ter que importar combustível após acidente na Replan; Furnas, com revés em disputa contra a Enel; Natura, com aprovação do conselho para emissão de R$1 bilhão em debêntures; Eletrobras, com acordo da subsidiária gaúcha Eletrosul com companhias chinesas; Vale, que tocou a máxima histórica ontem; Multiplus, com projeção de expansão de 30% da corretora de seguros da companhia.

 

Destaques das recomendações: A Planner Corretora elevou o preço-alvo da ação ON da Fibria de R$72 para R$88, com recomendação de compra após revisão de estimativas.

 

Principais notícias para começar o dia bem informado

 

Trading News

— Acordo México-EUA impulsiona mercados emergentes

— Em entrevista no Jornal Nacional, Ciro Gomes suaviza discurso e ataca bancos

— Acordo México-EUA dá alívio a mercado brasileiro, mas política pode abalar trégua

— Jucá diz em sua conta no Twitter que deixa a liderança do governo no Senado pela questão dos imigrantes venezuelanos

 

Valor Econômico

— Trump fecha acordo com o México e pressiona Canadá

— Governo vai barrar ‘tarifaço’ em obra de arte

— Veto dos EUA esvazia ainda mais a OMC

— Gerdau já vendeu ativos de R$ 6,5 bi

 

O Estado de S.Paulo

— MP acusa Haddad de enriquecimento ilícito por meio de caixa 2

— EUA e México fecham acordo e dão alívio a mercado global

— Com pouco tempo de TV, Amoêdo reforça equipe digital

— A 40 dias das eleições, Jucá deixa o governo

 

Folha de S. Paulo

— Empresários e políticos de alto patrimônio bancam 93% de grandes doações

— Servidores da Prefeitura de SP são convocados para campanha de filhos de vereador

— Supremo deve decidir se Bolsonaro vira réu mais uma vez

— Empresas suspeitas de articularem pagamento a influenciadores são ligadas a petista

 

Globo/G1

— Saída do Regime de Recuperação Fiscal pode provocar corrida aos cofres do estado

— STF analisa nesta terça-feira denúncia por racismo contra Bolsonaro
— PT é acusado de fazer propaganda irregular na internet por meio de influenciadores digitais

— Esquema de propaganda ilegal na internet oferecia R$ 1,5 mil mensais por elogios a petistas

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais:

— 08h00: Sondagem da Indústria – FGV

 

Indicadores internacionais:
— 09h30: Balança comercial dos EUA; anterior -US$ 68,6 bi
— 09h55: Índice Redbook dos EUA; anterior 0,2%
— 11h00: Confiança do Consumidor CB dos EUA; consenso 126,8
— 11h00: Índice de manufatura Fed Richmond dos EUA em agosto; consenso 18

 

Eventos:
— 15h00: Reunião da Apimec com Banco Bradesco
— 10h00: Candidato à Presidência João Amoêdo participa de sabatina promovida pela Faap e O Estado de S.Paulo

— 10h00: Ministro da Fazenda, Eduardo Guarida, tem reunião presidente do Tribunal de Contas da União,  Raimundo Carreiro

— 12h00: Presidente Michel Temer tem reunião com Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, Moreira Franco, ministro de Minas e Energia, Carlos Marun, ministro da Secretaria de Governo da Presidência, e Sergio Etchegoyen, ministro do Gabinete de Segurança da Presidência.

— 14h00: Candidata à Presidência Marina Silva participa de sabatina promovida pela Faap e O Estado de S.Paulo
— 14h00: Primeira turma do STF julga recebimento de denúncia contra candidato Jair Bolsonaro por racismo

— 15h30: Ministro Guardia tem reunião com ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro

— 20h30: Candidato à Presidência Jair Bolsonaro fala em entrevista no Jornal Nacional, da TV Globo

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis