TC Mover
Mover

A polêmica votação no STF sobre o recurso de Cunha – que pode beneficiar Lula

Postado por: TC Mover em 02/04/2019 às 10:39

A Segunda Turma do STF retoma hoje o julgamento de um pedido do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para reduzir sua pena de 14 anos por corrupção, evasão e lavagem no caso da compra de um campo de petróleo no Benin pela Petrobras.

 

A defesa quer eliminar cinco anos da condenação por lavagem, sob a tese de que o recebimento, em contas no exterior, da propina de 1,3 milhão de francos suíços, somente consumou o crime de corrupção.

 

“Trata-se da mesma estratégia usada pela defesa” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “para reduzir sua pena no caso do triplex, cujo recurso está praticamente pronto para ser julgado no STJ”, disse o site O Antagonista.

 

Marcada para 10 de abril, a apreciação do tema segunda instância pode ser retomada pelo presidente do STF, Dias Toffoli, se houver clima para a votação, disseram jornais na manhã de hoje. Hoje, vigora a decisão tomada pelo STF em 2016, quando ficou decidido por seis votos a cinco que o réu pode ser preso após condenação em segunda instância, mesmo que a decisão não tenha transitado em julgado.

 

(Foto: STF/Agência Brasil)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis