TC Mover
Mover

Volatilidade domina Europa, EUA, China e emergentes; cenário local de olho no Copom e agenda legislativa

Postado por: TC Mover em 11/12/2018 às 8:59

O mês de dezembro não trouxe descanso para a maioria dos mercados globais. Incerteza política no Reino Unido e na Itália, a prisão de uma influente executiva chinesa no Canadá e a renúncia do presidente do Banco Central indiano pressionam os ativos ao redor do globo nesta terça-feira e reforçam a pergunta que investidores se fazem há dois meses: até onde irá a volatilidade?

 

Da China aos Estados Unidos, as oscilações exageradas que tomaram conta dos mercados não deram trégua nos últimos dias, e a solução parece que depende de um posicionamento mais claro dos governos chinês e americano quanto às tensões comerciais. Hoje os mercados sentiam o alívio do anúncio chinês de que houve uma conversa entre dois altos funcionários dos dois governos sobre a disputa comercial. Enquanto as duas administrações deixam rolar, principalmente à espera dos desdobramentos da prisão da diretora financeira da Huawei, Sabrina Meng, bolsas, moedas e mercadorias ficam à expectativa e a aversão ao risco sobe.

 

Hoje teremos o primeiro dia de reuniões do Copom, o comitê de política monetária do Banco Central. A expectativa é que a autarquia olhe para essa mudança de perspectiva no cenário internacional e recomende a aprovação rápida das reformas fiscais, ou implemente alguma mudança na linguagem do comunicado, indicando as ressalvas com o cenário internacional mais volátil. A decisão será divulgada amanhã.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

— Os mercados acionários operavam mistos na manhã desta terça-feira, com o investidor avaliando o andamento das conversas comerciais sino-americanas, a chance da uma ruptura abrupta entre o Reino Unido e a União Europeia e a renúncia intempestiva do presidente do banco central indiano.

 

— A confirmação da conversa entre o vice-premiê chinês Liu He e o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, melhorava o sentimento, embora o foco continue na situação legal da executiva da chinesa Huawei, presa no Canadá. Já no Reino Unido domina a incerteza após a premiê Theresa May atrasar a votação crítica sobre o Brexit. Enfim, as tendências estão longe de serem direcionais, disseram traders e gestores.

 

— Os ativos financeiros na Índia oscilavam forte, perturbadas pela inesperada demissão e o impacto das eleições regionais no governo do primeiro-ministro Narendra Modi.

 

Principais notícias corporativas

 

— Eletrobras: Nova decisão judicial suspendeu os efeitos da venda da distribuidora da companhia no Amazonas para a Oliveira Energia, realizada ontem. A companhia, no entanto, diz não ter sido intimada sobre o assunto e afirma que  o único leilão que ainda pode ser afetado é o da distribuidora do Alagoas, marcado para 19 de dezembro.

 

— GPA: A companhia comprou a startup de entregas James Delivery, por quantia não revelada.

 

— Valid: Acionistas decidiram aumentar de 20% para 35% a chamada “pílula de veneno” da Valid, ou seja, o percentual a partir do qual um investidor deve fazer uma oferta para adquirir a empresa.

 

— Petrobras: com expectativa de que o TCU avalie o contrato da cessão onerosa em reunião na quarta-feira.

 

— CCR: A justiça anulou o aumento do pedágio da rodovia Dutra, administrada pela concessionária.

 

— Vale: Companhia quer investir US$467 milhões em IoT até 2023

 

— Cosan: Santander rebaixou a recomendação do papel de compra para manutenção e cortou o preço-alvo de R$42 para R$40.

 

— BR Distribuidora: Santander rebaixou a recomendação da ação de compra para manutenção e cortou o preço-alvo de R$27 para R$25.

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

— 05h00: IPC  1ª semana de dezembro – Fipe
— 08h00: IPC-S Capitais  1ª semana de dezembro – FGV
— 08h00: IGP-M Primeiro decêndio – FGV
— 09h00: 2º Prognóstico de Safra 2019 – IBGE

 

Indicadores internacionais
— N.D. Investimento estrangeiro direto da China; anterior 3,3%
— 07h30: Taxa de desemprego do Reino Unido em outubro; anterior 4,1%
— 08h00: Percepção econômica ZEW da Alemanha em dezembro; consenso -25
— 08h00: Percepção econômica ZEW da Zona do Euro em dezembro; anterior -23,2
— 11h30: IPP dos Estados Unidos em novembro; consenso 0,1% na base mensal
— 15h00: Relatório Wasde – Departamento de Agricultura dos EUA
— 19h30: Estoques semanais de petróleo dos EUA – API; anterior 5,36 milhões de barris

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis