TC Mover
Mover

Vitória de Theresa May, avanços entre China-EUA mantêm calmaria nos mercados

Postado por: TC Mover em 13/12/2018 às 8:27

Os mercados asiáticos e europeus operavam com tranquilidade nesta quinta-feira, seguindo o aparente avanço nas relações diplomáticas-comerciais entre os Estados Unidos e a China e a derrota dos parlamentares do partido da primeira-ministra britânica, Theresa May, que tentaram derrubá-la do cargo ontem com um voto de não-confiança. A calmaria nas commodities também impulsionava os mercados emergentes, com o petróleo subindo moderadamente e o minério de ferro se recuperando do tombo na última semana.

 

Hoje é dia de decisão do Banco Central Europeu, que deve como foco a promessa do presidente da autarquia, Mario Draghi, de terminar com as recompras de ativos neste mês e de normalizar a política monetária na Zona do Euro a partir de junho. A expectativa é que ele possa anunciar um adiamento nessa decisão caso a autarquia interprete que a economia do bloco está perdendo tração. O anúncio da decisão de juros do bloco acontece às 10h45, horário de Brasília. Para analistas e contribuidores TC, nada impede que o BCE termine as aquisições de ativos líquidos, tal como previsto, neste mês.

 

Por aqui, teremos a reação à decisão do Copom, o comitê de política monetária do Banco Central, de manter a taxa Selic no patamar histórico de 6,50%, como amplamente esperado. A curva de juros, no entanto, pode sentir a mudança no comunicado do colegiado, que sinalizou certa preocupação com a retomada lenta da economia brasileira, que tem derrubado os índices inflacionários para baixo da meta do BC. Isso, junto com um cenário externo mais favorável, pode manter a taxa no atual patamar por mais tempo, segundo contribuidores TC. Fique também de olho na divulgação dos dados de varejo, que podem mostrar a evolução da economia do país em outubro.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

— As bolsas subiram na Ásia e oscilaram na Europa com viés de alta, seguidas pelos futuros dos índices americanos nesta quinta-feira, com esperanças de maiores progressos nas negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China. A libra esterlina continuava sua alta após Theresa May sobreviver à tentativa dos membros do seu partido de derrubá-la.

 

— As tensões entre as duas maiores economias do planeta parecem estar perdendo força: a China reiterou que há contatos com funcionários americanos para a normalização das relações comerciais e a compra de produtos agrícolas dos EUA. A notícia de que a China pode afrouxar suas regras para investimentos estrangeiros empolgou o investidor, que de qualquer forma se mantém cauteloso quanto aos gestos diplomáticos de ambos os países.

 

— Ações de bancos e montadoras lideravam as altas na Europa, à espera da decisão de política monetária do Banco Central Europeu e após a notícia de que a Itália ofereceu uma concessão significativa à Comissão Europeia para redefinir sua meta de déficit fiscal. O pregão em Hong Kong e na China lideraram os ganhos asiáticos.

 

Principais notícias corporativas

 

— Telefônica Brasil: O conselho da Telefônica Brasil elegeu Christian Mauad como diretor presidente a partir de 1º de janeiro. Ele substituirá Eduardo Navarro, que continuará como presidente do conselho.

 

— Itaúsa: O conselho da holding aprovou declaração de juros sobre o capital próprio, que devem ser pagos até 30 de abril do ano que vem.

 

— Ambev: a empresa fez parceria com a Alexandria para construção de uma usina solar em Uberlândia que abastecerá todos os centros de distribuição e pontos de apoio da cervejaria em Minas Gerais.

 

— Unipar: A companhia realizará seu investor day às 09h00 em São Paulo.

 

— Companhias de celulose: A queda acumulada de 7% desde novembro nos preços da celulose negociados na China está impactando as ações das maiores companhias brasileiras de celulose, Klabin, Suzano e Fibria.

 

— BRF: A companhia fará assembleia geral extraordinária.

 

— MRV: os acionistas da construtora aprovaram a cisão da unidade Log e a listagem das ações no Novo Mercado, da B3.

 

— Avianca: O juiz que avalia o pedido de recuperação judicial da Avianca Brasil decidiu na suspender os processos de retomada de 14 aviões, ou 30 por cento da frota, da empresa.

 

— Banco Inter: O único banco digital listado no Brasil lançou ontem sua plataforma de investimentos aberta, que oferece home broker gratuito, serviços de câmbio e seguros.

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais
— 09h00: Vendas no varejo mensal (outubro) – IBGE; consenso 0,10%
— 09h00: Vendas no varejo anual (outubro) – IBGE; consenso 3,20%

Indicadores internacionais
— 05h00: Alemanha: IPC mensal (novembro); consenso 0,10%
— 10h45: UE: Decisão da taxa de juros da Zona do Euro; consenso 0,00%
— 10h45: UE: Taxa de facilidade permanente de depósito; consenso -0,40%
— 10h45: UE: Taxa de facilidade permanente de cedência de liquidez; consenso 0,25%
— 11h30: EUA: Pedidos de seguro-desemprego (semanal); consenso 226 mil
— 17h00: Argentina:  IPC mensal (novembro); consenso 5,10%
— 22h30: Japão: PMI Industrial mensal (dezembro); consenso 52,2

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis