TC Mover
Mover

Sabatinas nos EUA, Brasil dão fôlego limitado a mercados

Postado por: TC Mover em 26/02/2019 às 15:25

Os juros futuros recuaram momentaneamente em bloco e a bolsa manteve alta moderada nesta terça-feira após as declarações de Roberto Campos Neto, indicado para presidir o Banco Central, e do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, que reforçaram uma continuidade da paciência na atual política monetária tanto no Brasil como nos Estados Unidos.

 

O mercado ficou atento às sabatinas, que começaram pouco antes do meio-dia de hoje, para ter mais pistas sobre o que Campos Neto faria em termos de ajustes na taxa básica de juros, a política de crédito e a concorrência bancária. Para economistas, a fala indicou continuidade da gestão atual e um interesse relevante na questão de aumentar a concorrência nos mercados bancário, de capitais e de tecnologia financeira. A fala “veio dentro do esperado, não era para falar demais e ele seguiu o texto à risca”, disse um economista de banco estrangeiro.

 

O contrato do DI para janeiro próximo recuava menos de 1 ponto-base para 6,4650% às 14h40. O juro futuro com vencimento em janeiro de 2021 caía 2 pontos-base para 7,10%. No câmbio, o dólar americano se fortalecia ante o real depois do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, dizer que há dúvidas na forma como o governo está construindo sua base para a aprovação da reforma da Previdência. Maia disse em evento do banco BTG Pactual que o teto de apoio para a reforma neste momento é menor do que no governo do ex-presidente Michel Temer.

 

A bolsa reagia de forma positiva à sabatina de Campos Neto e de Powell, que ajudou a manter as bolsas americanas no azul por algumas horas. O Ibovespa desacelerava a alta no mesmo horário, avançando 0,36% com volume de R$4,9 bilhões – muito baixo em relação à média de dias anteriores. Petrobras PN e as ações dos bancos, estimuladas pelas declarações de Campos Neto, puxavam o índice para cima; já a Vale ON e a Eletrobras ON pisavam o freio na alta do mercado.

 

No exterior, Powell afirmou que o cenário econômico atual nos EUA se mantém “saudável” e ressaltou que as pressões inflacionárias não são preocupantes – sugerindo que é possível administrar a política monetária com paciência. Mesmo assim, os índices Dow Jones Industrials e S&P500 recuavam 0,1% e 0,04%, respectivamente.

 

(Foto: Campos Neto – TV Tambaú)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis