TC Mover
Mover

Mercado deve receber com euforia resultado do primeiro turno, mudanças no Congresso

Postado por: TC Mover em 08/10/2018 às 7:34

Na esteira do desempenho fortíssimo de Jair Bolsonaro ao longo do país e da derrota da esquerda em alguns dos seus berços eleitorais, o mercado deve ter uma reação positiva ao desfecho da votação no primeiro turno da eleição presidencial de ontem. Para contribuidores TC, a expressiva votação de Bolsonaro, perto de 47% dos votos válidos, somado à erosão da hegemonia da esquerda no Senado e a fraqueza mostrada pelo PT em estados importantes como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, pode levar o Ibovespa a continuar seu caminho de alta e câmbio e juros a corrigirem para baixo. Um gestor sediado em Nova Iorque disse à TC News que o pregão de hoje será o pregão do “Bullsonaro”. Para James Gulbrandsen, gestor da HCH Capital no Rio de Janeiro, “o mercado deve ficar bem feliz com os resultados vistos na noite de domingo.”



Para os sócios da Arko Advice, Murillo de Aragão, Cristiano Noronha e Lucas de Aragão, o ex-capitão chega ao segundo turno como favorito, mas sua vitória não deve ser fácil. Se ele mantiver seus 47% e capturar a maior parte dos 9% que os candidatos de centro-direita e pró-mercado obtiveram, ele estará muito bem posicionado para o segundo turno. Já para o petista Fernando Haddad, que disputará com Bolsonaro a definição em 28 de outubro, mesmo absorvendo todos os votos do esquerdista Ciro Gomes, sua votação não ultrapassaria os 41%. Mas erros e reviravoltas acontecem nas campanhas, e a disputa deve trazer muitas surpresas e volatilidade para o investidor. Um governo Haddad apresenta risco maior que o de um governo Bolsonaro na opinião do mercado, porque deve ressuscitar parte das medidas pró-Estado que deixaram as finanças públicas à beira do precipício.



Assim, nesta semana, o investidor precisa ficar alerta aos desdobramentos da votação de domingo; preste atenção no noticiário, nas movimentações dos partidos que ficaram de fora do segundo turno e como a composição do novo Congresso deve impactar a passagem de importante legislação econômica nos próximos meses. Também fique alerta aos pronunciamentos dos candidatos Bolsonaro e Haddad e suas negociações para o segundo turno. Em matéria de dados e eventos, teremos números de inflação dos EUA, dados de atividade e PIB do Reino Unido, além da ata da reunião de política monetária do Banco Central Europeu.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado em um minuto, segundo Contribuidores TradersClub

 

— Câmbio: dólar no mercado doméstico deve mostrar tendência de queda após forte resultado da eleição favorecendo Bolsonaro; na contramão, exterior fraco pode pressionar alta ao longo do dia.

 

— Juros: devem mostrar tendência de correção para baixo,, refletindo conforto maior com a situação fiscal de longo prazo com vantagem de Bolsonaro na eleição.

 

— Bolsa: deve ter dia de alta generalizada, dinamizada por fluxo positivo de estrangeiros no mercado, cenário menos desfavorável para estatais e múltiplos baixos em muitos setores.

 

— Ações: fique de olho em estatais e bancos, com força de Bolsonaro no primeiro turno; Petrobras, com derrota da maioria dos candidatos ligados à Lava Jato; Cemig e Copasa, com disputa pelo governo no segundo turno sem o PT; Copel, com vitória de Ratinho Jr. no Paraná; EZTec, que começará a operar no Minha Casa, Minha Vida; Qualicorp, com acionista majoritário comprometido em recomprar ações da companhia no montante recebido em acordo; Valid, com eleição para governador no Amapá enrolada; JBS, com processo nos EUA por salmonela.

 

— Destaques das recomendações: Pesquisa da XP Investimentos com 32 gestoras aponta em breve rali de mercado se o candidato de direita Jair Bolsonaro ganhar a corrida presidencial deste mês, mas alertam que a alegria será temporária sem as reformas estruturais necessárias para equilibrar as contas públicas.

 

Principais notícias para começar o dia bem informado

 

Trading News

— Bolsonaro, Haddad vão para segundo turno; discursos sugerem mais polarização

— Todos os seis ex-ministros de Temer sofrem reveses em disputas eleitorais

— Para Gonçalves, do Banco Fator, Bolsonaro chega ao segundo turno com vantagem importante

— Com figuras do Petrolão e do MDB de fora, velha política é substituída por onda ligada a Bolsonaro

— Todos os seis ex-ministros de Temer sofrem reveses em disputas eleitorais

— Candidato Jair Bolsonaro, primeiro nas apurações, lidera nas urnas e nas redes sociais, mostra FGV

 

Valor Econômico

— Bolsonaro surfa onda conservadora

— Avanço da direita radical é caso inédito

— Resultado deve agradar o mercado

— Renovação no Senado afasta velhos nomes

 

O Estado de S.Paulo

— Em discursos, Bolsonaro questiona resultado e Haddad prega democracia

— Mapa eleitoral do primeiro turno mostra PT ‘cercado’ no Nordeste

— Haddad agradece a Lula e faz aceno a Marina e Ciro

— Bolsonaro tira do PSDB o papel de antítese do PT

 

Folha de S. Paulo

— Bolsonaro e Haddad se enfrentarão no segundo turno

— França arranca na reta final, passa Skaf e disputa 2º turno com Doria em SP

— DF e 13 estados definirão governadores só no segundo turno

— Estrelas da política não conseguem se reeleger e ficam sem mandato

 

Globo/G1

— Resultado nas urnas deixa o Brasil entre o bolsonarismo e o petismo

— Wilson Witzel e Eduardo Paes farão segundo turno para governo do Rio

— Filha de Cunha e filho de Cabral não se elegem

— Estrelas do impeachment, Bruno Araújo e Mendonça Filho não se elegem

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais
— 08h00: IGP-DI de setembro – FGV; consenso 0,76%

— 08h00: IPC-S até 7 de outubro – FGV
— 08h25: Pesquisa Focus – BC
— 15h00: Balança comercial – MDIC

 

Indicadores internacionais

— 03h00: Produção Industrial da Alemanha em agosto; consenso 0,3%

— 05h00: Confiança do Investidor Sentix da Zona do Euro em outubro; consenso 11,7

— 20h50: Transações Correntes do Japão em agosto; consenso ¥1,897 tri

 

Eventos

— N.D.: Feriado no Japão, Canadá e Estados Unidos

— N.D.: NDR Credit Suisse com Odontoprev, em Chicago

— 08h00: BRF Day, com reunião na Apimec, em São Paulo
— 10h00: 40ª sessão de sorteio público ordinário da Aneel

— 10h00: Presidente Michel Temer tem reunião com Dyogo Oliveira, presidente do BNDES

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis