TC Mover
Mover

Previdência provoca euforia e pode impactar ativos na quarta; balanços e próximas reformas no radar

Postado por: TC Mover em 22/10/2019 às 19:51

A euforia tomou conta dos mercados financeiros hoje na expectativa de aprovação da reforma da Previdência em segundo turno no Senado. O Índice Bovespa bateu novos recordes durante o pregão e no fechamento, superando os 107 mil pontos. No exterior, sinais de novo impasse na aprovação do acordo do Brexit no Reino Unido derrubaram a libra, enquanto os resultados de empresas americanas ajudaram a puxar as bolsas para baixo em Nova York. Os investidores já irão operar na quarta-feira de olho nos balanços corporativos importantes do fim da semana, que traz Petrobras e Vale na quinta e Ambev na sexta.

 

O Índice Bovespa operou a maior parte do dia no azul e atingiu encerrou o dia em nova máxima histórica, aos 107.381 pontos, em alta de 1,28%. O avanço da Reforma da Previdência animou os investidores, que esperam que a redução do déficit público e o crescimento da dívida pública melhorem a confiança de investidores locais e estrangeiros e destrave os investimentos, a retomada da economia e o aumento do lucro das empresas. A expectativa é de que a aprovação traga de volta os estrangeiros, que tiraram R$11,490 bilhões da bolsa neste mês até o dia 18.

 

A aprovação da Previdência ajudou a derrubar também o dólar, que perdeu força e fechou em queda de 1,20%, a terceira queda em cinco dias, a R$4,083. Os juros futuros subiram em bloco, após o IPCA-15 de outubro vir acima do consenso de mercado. O IPCA-15 deve ter impacto na decisão do Comitê de Política Monetária, que se reúne na semana que vem, dias 30 e 31 — o que reduziu hoje as apostas em um corte maior, de 0,75 ponto percentual.

 

Nesta quarta-feira, o mercado deve viver a expectativa das novas reformas, Administrativa e Tributária, que a equipe econômica do governo está negociando com o Congresso. Mais cedo, agências de notícias deram conta de que os textos das reformas pós-previdência devem ser entregues por Guedes no dia 29. Na Europa, será divulgado, amanhã, o dado de confiança do consumidor de setembro. À noite, no Japão, será conhecido o PMI, de outubro. O calendário de balanços corporativos conta com Weg, Localiza e EDP.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis