TC Mover
Mover

NY sobe com menor tensão no Irã, mas novas explosões devem assustar mercados; inflação, payroll no radar

Postado por: TC Mover em 08/01/2020 às 19:09

As bolsas de valores ficaram entre o desespero e a euforia hoje em meio à tensão no Oriente Médio após o ataque do Irã com foguetes a bases americanas no Iraque ontem à noite. Depois de uma forte reação negativa, os investidores reavaliaram o alcance da crise. Hoje, Trump adotou um tom mais conciliador, evitando falar em novas ações militares e sugerindo disposição em negociar com o Irã, limitando-se a anunciar novas sanções econômicas ao país. Mas a calma não deve durar por muito tempo: próximo das 18h00, agências de notícias internacionais informaram que novas explosões foram ouvidas em Bagdá, fazendo os índices americanos perderem os níveis recordes no fechamento. O Ibovespa se manteve em baixa pelo quarto pregão seguido, aguardando a resposta do Irã aos sinais de trégua dos Estados Unidos, os dados da inflação oficial do IPCA de dezembro e de emprego americano, que saem na sexta-feira.

 

A calmaria nos mercados após o discurso menos agressivo do presidente americano, Donald Trump, de aparente intenção de trégua, foi abalada no fim do dia. Segundo correspondentes de agências de notícias, novas explosões foram ouvidas na Zona Verde de Bagdá, por volta das 17h55, horário de Brasília. De acordo com a Reuters citando fontes da polícia local, três mísseis caíram na área mais protegida da capital iraquiana e iniciaram um incêndio. Não houve vítimas. Mas o ataque indica que a tensão entre os dois países vai continuar.

 

O Ibovespa fechou em queda, de 0,36%, aos 116.247 pontos, a quarta perda seguida e a sexta em sete pregões, com Petrobras, bancos e Vale puxando o índice para baixo. Os sinais de economia mundial aquecida, com os dados de emprego do setor privado nos EUA calculados pela empresa ADP acima do esperado, ajudaram as empresas de celulose e de proteínas brasileiras. Segundo a ADP, foram criadas 220 mil vagas em dezembro, bem mais que as 160 mil esperadas. Na sexta-feira, saem os dados oficiais do Departamento do Trabalho americano, payroll, que podem confirmar o mercado de trabalho aquecido e o aumento da renda nos EUA.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis