TC Mover
Mover

Movimento de realização acelera com releitura da ata; foque na Previdência, discursos

Postado por: TC Mover em 10/01/2019 às 7:46

Esta quinta-feira é dia de mais um discurso de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve. Ele pode elucidar melhor a visão sobre os juros e a economia após a ata da véspera do banco central americano sugerir uma pausa no ciclo de altas, ao menos por um tempo. Os mercados amanheceram com menos otimismo do que no pregão de ontem, agora à espera de sinais mais claros do direcionamento do Fed e, também, de dados de seguro-desemprego nos Estados Unidos, sempre um indicador de peso para o desempenho da moeda americana ao redor do mundo.

 

Por aqui, bolsa, câmbio e juros continuam anestesiados com o avanço das conversas sobre a reforma da Previdência, que ontem teve Paulo Guedes reafirmando a intenção de promover o regime de capitalização no país. O que permanece no ar, ainda, é o compromisso da equipe do presidente Jair Bolsonaro, e dele próprio, de levar essas mudanças e ajustes do benefício a todas as categorias, incluindo os militares. Ontem, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, disse que “uma categoria marcante, de farda” tem características especiais que precisam ser avaliadas antes de uma reforma.

 

O final da rodada de discussões entre Estados Unidos e China pode gerar alguma releitura ou a aparição de riscos novos; fique de olho no noticiário. O que os investidores esperam agora são os detalhes do que foi discutido e quais os próximos passos rumo ao acerto comercial entre ambos os países. Ainda teremos a prévia do IGP-M para janeiro, antessala do IPCA de amanhã – consenso espera deflação no índice da FGV – e uma reunião do ministro Guedes com o embaixador americano no Brasil, William Popp. No final da tarde, Camil Alimentos abre a temporada de balanços com a divulgação dos seus números após o fechamento do mercado.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

As bolsas na Ásia e na Europa, assim como os futuros dos índices acionários americanos, recuavam na quinta-feira em meio a um leve aumento da cautela ao redor do mundo à espera de novos apontamentos do Fed que possam esclarecer a visão da autarquia sobre a economia e o ciclo de juros dos EUA, após a ata de ontem.

 

Com isso, os ativos refletiam um clima de leve realização: o contrato do ouro subia, enquanto o rendimento dos títulos das dívidas americana e japonesa caíam. Os investidores esperam o novo discurso de Jerome Powell, além de dados de seguro-desemprego dos EUA.

 

Hoje será mais um dia cheio, com a ata da reunião de política monetária do Banco Central Europeu, às 10h30, discursos de outros dirigentes do Fed e possíveis desdobramentos da reunião de três dias entre EUA e China, que terminou ontem.

 

Principais notícias corporativas

 

Saraiva: Saraiva deve fechar mais livrarias (Valor)

 

Eletropaulo: Enel abre plano de demissão voluntária na ex-Eletropaulo (Exame)

 

Oi: Acordo põe fim à disputa Pharol x Oi (Valor)

 

Bancos: Mercado tem dúvidas sobre IPO de gestoras de BB e Caixa (Valor)

 

Cemig: Zema diz que enviará à Assembleia projeto de privatização da Cemig (Valor)

 

B3: B3 se beneficiará do crescimento econômico e desenvolvimento dos mercados de capitais, diz Moody’s (Folha)

 

CCR: Conselho do Ministério Público questiona acordo com a CCR (Folha)

 

Amazon: Jeff Bezos, da Amazon e o homem mais rico do mundo, vai se divorciar (Folha)

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

05h00 IPC-Fipe (dezembro)

08h00 IGP-M 1º decêndio (janeiro) – FGV

 

Indicadores internacionais

N.D. China: Novos empréstimos

N.D. EUA: Balança comercial de bens (novembro); consenso -US$75,5 bi

N.D. EUA: Gastos de construção mensal (novembro); consenso 0,20%

N.D. EUA: Vendas de casas novas mensal (novembro); consenso 2,90%

N.D. EUA: Estoques no Atacado mensal (novembro); consenso 0,50%

11h30 EUA: Pedidos iniciais por seguro-desemprego

21h50 Japão: Transações correntes ajustadas (novembro)

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis