TC News
News

Mercados vivem bom humor na véspera de conversas EUA-China; amanhã, foco nas negociações comerciais, inflação dos EUA

Postado por: TC News em 09/10/2019 às 18:33

O investidor se prepara para o dia D, amanhã, quando negociadores dos Estados Unidos e da China se reúnem em Washington para tentar reduzir as diferenças da disputa que já dura quase 18 meses. Nesta semana, os mercados viveram os vaivéns dessa briga, e hoje foi a vez de voltar a ter algum otimismo a respeito, após uma notícia da Bloomberg News, citando fontes, dizer que os chineses devem propor ao governo do presidente americano Donald Trump um esboço de acordo que afete menos a economia global. Além das negociações, a agenda de quinta traz o índice de preços ao consumidor nos EUA em setembro, o que pode dar mais pistas da saúde da maior economia do mundo.

 

Amanhã, depois de quatro meses sem se reunir, chineses e americanos devem discutir como dirimir suas diferenças comerciais e diplomáticas. Na América Latina, uma resolução da querela pode impactar os preços das commodities. Tanto nos Estados Unidos quanto na China, um acordo mitigaria as incertezas que têm deprimido o investimento empresarial, a produção industrial e forçado os BCs de ambos os países a retomarem diferentes formas de flexibilização monetária.

 

O investidor também segue de olho no futuro dos taxa básica de juros nos EUA. Hoje, as bolsas em Wall Street  e em São Paulo chegaram a desacelerar alta levemente após a divulgação da ata da última reunião do comitê de política monetária do Federal Reserve.  Por aqui, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, teve o menor resultado para um mês de setembro desde 1998. O Ibovespa fechou em alta de 1,27%, a 101.248 pontos, com volume negociado de R$99,98 bilhões. O dólar futuro avançou 0,35%, a R$4,115, pressionado pela deflação demonstrada hoje pelo IPCA de setembro. Também influenciados pelo IPCA, os juros recuavam em bloco. O DI para janeiro próximo ficou em 4,955%.

 

Nesta quinta-feira, o IBGE informa dados do varejo de agosto pela manhã. A FGV divulga dados de inflação medidos pela primeira prévia do IGP-M de outubro. É importante ficar atento, ainda, ao Fórum de Investimentos Brasil, que ocorrerá em São Paulo e contará com falas do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia Paulo Guedes. No exterior, além das conversas entre representantes chineses e americanos, os Estados Unidos divulgam o índice de preços ao consumidor e dados de pedidos de seguro desemprego semanal. O Reino Unido comunica os números de produção industrial de agosto.

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis