TC Mover
Mover

Mercados têm pior semana desde 2008 com temor de coronavírus; no radar, PIB do Brasil e emprego nos EUA

Postado por: TC Mover em 28/02/2020 às 19:39

A confirmação de que a epidemia de coronavírus não se limitará à China e já se espalha para diversos países fez os investidores entrarem novamente em pânico hoje, provocando uma onda de aversão ao risco que fez as bolsas afundarem, acumulando uma perda na semana que só fica atrás da grande crise global de 2008. A instabilidade levou o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, a divulgar um comunicado para acalmar os mercados, afirmando que tomará as medidas que forem necessárias para manter a economia americana saudável, o que foi visto como um sinal de que a situação é realmente grave e de quedas dos juros em breve.

 

Powell deu aval, portanto, à expectativa dos mercados, que já apostam em até 0,5 ponto percentual de corte nos juros americanos na próxima reunião, em 18 de março. Mas as limitações que as políticas monetárias mostraram nos últimos anos limitaram o alívio do comunicado e os índices das bolsas voltaram a cair e fecharam a semana com perdas em torno de 13% em Nova Iorque e na Europa, um dos piores resultados da história.

 

Nos próximos dias, deve-se esperar por mais atitudes como as de Powell, de bancos centrais e governos buscando divulgar incentivos para evitar uma queda mais forte da atividade e para tentar controlar a epidemia. As medidas devem acompanhar os dados do PIB brasileiro do quarto trimestre e os números de atividade dos gerentes de compras dos Estados Unidos, Europa e Brasil, além dos números de emprego, o payroll, americanos.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis