TC Mover
Mover

Mercados buscam retomada após surto de volatilidade; semana que vem teremos Jackson Hole

Postado por: TC Mover em 16/08/2019 às 9:06

Os ativos de risco operam, na sexta-feira de uma semana turbulenta, em clima de retomada, o que obedece a fatores técnicos e de fluxo, e não necessariamente a mudanças concretas nos fundamentos. Com a agenda do dia relativamente carente de eventos relevantes, o investidor deve concentrar sua atenção em compreender que aconteceu ao longo da semana – que não foi pouco – e nos eventos para a semana que vem. Por um lado, o temor de um mundo com juros nominais negativos. Do outro, a incerteza de curto e médio que nos espera com a guerra comercial, a geopolítica tensa e a desaceleração global. 

 

Hoje, as bolsas e as commodities de energia sobem e os ativos considerados mais seguros retrocedem, porém, de leve. Reiteramos: os ganhos modestos de hoje nas bolsas asiáticas e o flerte com uma retomada nos índices acionários na Europa e nos EUA não sugerem que os ruídos desapareceram. Por um lado, há barganhas e o investidor vai querer aproveitá-las. Por outro, a cautela continua em alta: os rendimentos dos Treasuries de dois, cinco e dez anos operam entre o 1,52% e o 1,57% – níveis considerados como muito baixos. O Ibovespa, o real e os contratos futuros dos DIs devem operar presos à dinâmica externa.

 

Semana que vem, saberemos como o Federal Reserve digeriu o surto de volatilidade global desta semana. Na quinta-feira, começa o Simpósio Anual de Política Monetária de Jackson Hole, organizado pelo Fed: o tema deste ano é “Desafios para a Política Monetária”, tema oportuno na esteira da desaceleração econômica mundial. Fique de olho com o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, nesse dia. O temor do investidor é que Powell e seus colegas no Comitê de Política Monetária do Fed não entreguem o esperado corte de juros na reunião de setembro, – apesar do estresse nos mercados e no sentimento.

 

Na agenda desta sexta-feira, siga atento aos movimentos entre chineses e americanos e aos indicadores da saúde da economia global. Nesse sentido, hoje os EUA divulgam números da construção civil em julho e o Índice Michigan de percepção do consumidor e confiança do consumidor de agosto, enquanto a China informa dados de investimento estrangeiro direto do julho. Também será divulgado o relatório mensal da Opep. Por aqui, a FGV divulga dados de inflação medidos pelo IPC-S semanal. A atividade no Congresso deve continuar intensa, com negociações para acelerar a aprovação de pautas econômicas. 

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Principais notícias corporativas

 

O dia começa carregado de notícias corporativas. Segundo O Estado de S. Paulo, a Anatel avalia intervir na Oi após brutal queima de caixa no trimestre passado. A Anatel pode buscar uma nova empresa que assuma a concessão de telefonia fixa da Oi caso a coisa piore. A Oi pode emitir dívida ou levantar até R$2,5 bilhões em capital novo. Petrobras deve receber hoje ofertas pela Liquigás, disse o Estado. A BRF desistiu de fazer oferta de ações e vai captar R$4,4 bilhões em títulos, disse o Valor Econômico, A Caixa Econômica foi autorizada a emitir dívida atrelada ao IPCA para financiar crédito imobiliário.

 

A JBS liderou os ganhos do índice, com alta de 4,64%. O BTG Pactual reiterou status de preferida de JBS ON, por ver fusões como opção de crescimento, enquanto o Bradesco BBI elevou o preço-alvo da ação para R$28, e o Itaú BBA elevou para R$35. A Vale suspendeu temporariamente operações da Ferrous Resources, que deve ter impacto de 330 mil toneladas de minério de ferro por mês. O Credit Suisse elevou o preço-alvo da CSN ON para R$17 pela alta recente no preço do minério, e cortou preço-alvo da Usiminas para R$9. A SLC Agrícola teve preço-alvo elevado pelo Itaú BBA para R$19. A Magazine Luiza obteve o direito de reaver decisão judicial sobre inclusão de ICMS, o que pode gerar impacto financeiro de aproximadamente R$250 milhões.

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

08h00 IPC-S semanal – FGV

 

Indicadores internacionais

09h30 EUA – Licenças de construção mensal (julho)

09h30 EUA – Construção de casas novas mensal (julho)

11h00 EUA – Prévia Confiança do consumidor Michigan mensal (agosto)

11h00 EUA – Prévia Índice Michigan de percepção do consumidor mensal (agosto)

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

 

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis