TC Mover
Mover

Mercado reflete exterior tenso, à espera de Guedes, Petrobras 

Postado por: TC Mover em 27/02/2019 às 11:01

Os mercados futuros de câmbio, juros e renda variável mostravam desempenho errático e volátil no início do pregão desta quarta-feira, refletindo o clima de cautela no exterior com a tensão política crescente nos Estados Unidos, a reunião Donald Trump-Kim Jong-Un e a piora nas hostilidades entre a Índia e o Paquistão.

 

Para traders e contribuidores TC, a discussão e os esforços da articulação para a aprovação da reforma da Previdência, em especial o almoço do ministro da Economia, Paulo Guedes, com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, deve atrair os holofotes. Ontem à noite, o presidente Jair Bolsonaro disse a mais de 15 líderes de partidos que a proposta deve ser “moldada” pelo Congresso, destacando que o texto apresentando “tem um pouco de gordura para queimar”. O mercado esta em compasso de espera após Maia ter dito que o governo terá de flexibilizar a proposta em vários pontos – o que pode pressionar o mercado ao longo do dia.

 

Os leilões de rolagem de linha com recompra de US$3 bilhões no mercado cambial, assim como a maior aversão ao risco mundo afora, impactam o desempenho do dólar futuro, que recuava 0,15% às 09h45. O futuro do índice Bovespa avançava pouco menos de 0,1% no mesmo horário, com a expectativa do balanço da Petrobras, após o fechamento. O consenso colhido pelo TC mostra que o EBITDA da estatal deve ter mais do que dobrado na base anual.

 

No exterior, os futuros das bolsas americanas caíam à espera de notícias sobre o encontro de Trump e Kim, que se estenderá até amanhã, assim como os desdobramentos das conversas comerciais entre os EUA e a China.

 

(Foto: Paulo Guedes/ Agência Brasil)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis