TC Mover
Mover

Medo do coronavírus volta e derruba Ibovespa; mercados de olho no IBC-Br, PNAD e economia dos EUA

Postado por: TC Mover em 13/02/2020 às 19:10

O salto nos casos de coronavírus na China divulgado hoje de madrugada, após uma mudança na metodologia de contabilização das vítimas, voltou a assustar os investidores, provocando a queda das bolsas, das commodities e das moedas de países emergentes. O temor é que os dados pouco confiáveis do governo chinês escondam uma proliferação muito maior da epidemia e um estrago mais amplo na economia local, e que se espalhará para o resto do mundo pelas cadeias produtivas dependentes da China.

 

Apesar dos temores, as bolsas americanas ensaiaram uma recuperação, e o S&P500 e o Nasdaq chegaram a bater recordes, mas devolveram os ganhos e fecharam no vermelho. Dados da economia americana podem animar os investidores amanhã com números de vendas no varejo, produção industrial, estoques da indústria e confiança do consumidor. Nova Iorque se sustentou também na fé de que os bancos centrais farão tudo para impedir uma queda mais acentuada da economia chinesa e mundial, cortando ainda mais os juros e injetando centenas de bilhões de dólares nos mercados.

 

Um relatório do JPMorgan apontando para o crescimento dos casos de curas de doentes de coronavírus, que teria superado o de mortes, também teria reduzido a visão mais pessimista com a epidemia. Mas analistas observam que será preciso conferir amanhã se a disparada nos casos de coronavírus foi pontual, pela mudança de metodologia. Se o ritmo de crescimento continuar acelerado, indicando que havia uma subnotificação de contaminações, o impacto no mercado nos próximos dias será inevitável.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis