TC Mover
Mover

Medo de vírus mortal derruba bolsas e dólar sobe à espera de Guedes, Caged e Trump

Postado por: TC Mover em 21/01/2020 às 19:13

As bolsas de valores recuaram hoje, em meio à preocupação dos investidores de todo o mundo com notícias de que uma doença altamente contagiosa, estaria se espalhando pela China e Coreia, com um caso suspeito registrado nos Estados Unidos. Com os índices de ações nas máximas históricas, sinais de economia global ainda fraca e problemas nas negociações da fase 2 do acordo entre Estados Unidos e China, os investidores tiveram mais um motivo para colocar parte dos lucros no bolso. O Ibovespa perdeu os 118 mil pontos, por conta também de um novo processo contra a Vale, desta vez criminal, pelas mortes na tragédia de Brumadinho. Já o dólar voltou a subir e superou os R$4,200 no mercado futuro diante do cenário externo e a expectativa de juros menores no Brasil.

 

Com a agenda econômica fraca nesta quarta-feira, o mercado deve se concentrar nas notícias sobre novos casos do vírus mortal pelo mundo. Amanhã, a Organização Mundial de Saúde se reúne para discutir se classifica o caso como uma emergência de saúde pública internacional, aumentando os controles em aeroportos, aviões e fronteiras. Taiwan, próxima da China, já informou que prepara mil leitos para eventuais casos da doença e a Coreia do Norte proibiu a entrada de turistas, em sua maioria chineses. Na Coreia do Sul, dois casos suspeitos foram relatados, aumentando a fiscalização.

 

O ex-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, foi denunciado criminalmente pelo Ministério Público de Minas Gerais por homicídio e crimes ambientais, pelo rompimento da barragem de Brumadinho, e acusado de ‘maquiar’ os problemas da companhia. De acordo com os promotores responsáveis pelas investigações do MPMG, o ex-dirigente da Vale tinha como objetivo alcançar a liderança mundial e garantir o valor de mercado e a reputação da mineradora, e assumia os riscos para atingir essas metas. Entre os acusados pelos promotores estão 16 pessoas físicas, a mineradora e a auditora alemã Tüv Süd. A Vale informou que irá analisar o teor das denúncias do MPMG para responder formalmente. A ação ON da mineradora fechou em queda de 2,23%, a maior desde 31 de outubro.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis