TC Mover
Mover

Ibovespa volta aos 116 mil pontos com exterior positivo e balanços; no radar, IPCA-15, confiança do consumidor

Postado por: TC Mover em 19/02/2020 às 18:38

O dia foi de recuperação nos mercados globais em meio a notícias de que a China estuda medidas para apoiar setores da economia abalados pela epidemia de coronavírus. Além disso, havia expectativa de que o Banco Central do Povo da China possa anunciar amanhã uma redução em seus juros. A menor preocupação com o vírus permitiu novos recordes das bolsas em Nova Iorque e no índice europeu Stoxx600, a recuperação dos preços das commodities e queda dos rendimentos dos títulos americanos.

 

Na ata da última reunião, o Federal Reserve deu sustentação à melhora das bolsas, ao reafirmar a estabilidade nos juros e expectativa moderada no crescimento econômico americano. O preço do petróleo caminhava para a maior sequência de ganhos no ano, enquanto o ouro subiu, batendo a maior cotação desde 2013, sinalizando que a busca por ativos de proteção segue fortalecida ainda em meio à cautela com os impactos do coronavírus. No Brasil, o Ibovespa recuperou os 116 mil pontos, aguardando a divulgação de resultados da Petrobras após o fechamento dos mercados, em meio à greve de petroleiros.

 

Os investidores aguardam a divulgação do IPCA-15, prévia da inflação oficial de fevereiro, e o índice de confiança do consumidor. Os investidores buscam pistas para os próximos passos do Copom sobre os juros. O índice Bovespa fechou em alta de 1,34%, aos 116.517 pontos acompanhando a melhora do cenário internacional e os novos recordes dos índices americanos de ações. Balanços positivos também impulsionaram o índice, que fecha na expectativa dos números da Petrobras hoje e da Vale amanhã. A estatal fechou em alta de 2,69% a ação PN e 1,97% a ON.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis