TC Mover
Mover

Ibovespa tem leve alta, com recordes no exterior, e dólar passa os R$4,200, com PIB da China no radar

Postado por: TC Mover em 16/01/2020 às 19:45

O índice Bovespa ficou descolado das bolsas americanas em parte do dia e o dólar futuro superou os R$4,200, com dados do IBC-Br acima do consenso, apesar dos demais indicadores dos últimos dias levantarem incertezas sobre a retomada do crescimento da economia brasileira e com o destino das taxas de juros locais. O cenário externo positivo impede maiores quedas, com o acordo entre Estados Unidos e China animando os mercados americanos, que voltaram a bater recordes diante da redução dos riscos para o crescimento global. Mas, passada a festa com o anúncio, a preocupação será com os efeitos das medidas sobre a economia dos dois países. Hoje à noite, saem vários dados importantes na China, de vendas no varejo, investimentos imobiliários, produção industrial, e desemprego de dezembro e o PIB do quarto trimestre. A expectativa é de desaceleração da segunda maior economia do mundo e maior consumidora de commodities, com impacto direto sobre os países emergentes.

 

O Ibovespa subiu hoje, mas contido pela queda das ações da Rumo, Vale e Petrobras. A petroleira é pressionada pela oferta de ações pertencentes ao BNDES, esperada para as próximas semanas. O vencimento do mercado de opções de ações na segunda-feira deve influenciar os negócios das empresas mais líquidas, assim como a saída dos investidores estrangeiros da bolsa, que já chega a R$5 bilhões nos primeiros 14 dias do mês. Entre os gatilhos para a bolsa retomar as altas, investidores aguardam um novo corte dos juros básicos no começo de fevereiro que impulsione mais a economia local, a nova temporada de balanços do quarto trimestre das empresas e a retomada das reformas no Congresso. Notícias de atividade econômica maior da China também podem impulsionar o mercado brasileiro.

 

Os principais índices acionários americanos operaram próximos das máximas na sessão desta quinta, impulsionados pelos resultados corporativos e o clima otimista remanescente da assinatura do acordo entre EUA e China. O índice S&P500 ultrapassou os 3.300 pontos pela primeira vez na história e fechou em alta de 0,84%. O Dow Jones Industrials subiu 0,92%. O Morgan Stanley, que informou resultados que superaram as expectativas antes da abertura de hoje, fechou em forte alta e a Alphabet, holding da Google, superou US$1 trilhão de valor de mercado. Amanhã, a mineradora Rio Tinto divulga resultados antes da abertura dos mercados, o que pode ter impacto nos papéis da concorrente Vale.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis