TC Mover
Mover

Ibovespa retoma 107 mil pontos de olho no BC, Biden; no radar, IRB Brasil, Opep e Payroll

Postado por: TC Mover em 04/03/2020 às 19:17

O Ibovespa fechou com alta, em dia de vaivém, acompanhando o bom humor do exterior, com o resultado da Super-Terça das eleições primárias democratas dos Estados Unidos que elevaram as chances de Joe Biben, ex-vice-presidente, um candidato mais moderado, disputar a corrida à Casa Branca contra Donald Trump. Os ativos no Brasil também reagiram à ação conjunta dos principais bancos centrais ao redor do mundo para conter os efeitos negativos do coronavírus na economia.

 

A expectativa de corte na Selic fez o dólar renovar recorde, a décima primeira alta consecutiva, maior sequência em 21 anos. O dólar à vista fechou no maior valor nominal na era do Plano Real. Além do efeito Selic, o real foi impactado pelas revisões em baixa para o crescimento da economia brasileira no dia em que o IBGE confirmou um Pibinho pelo terceiro ano consecutivo. Também ajudou a valorizar o dólar no exterior o dado melhor do que o esperado na geração de emprego privado americano.

 

No radar do investidor, estão a divulgação de balanços corporativos do quarto trimestre: para hoje, após o fechamento saem ao menos três, com destaque para CSN. Amanhã, serão, pelo menos, nove. Há expectativa ainda com a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, a Opep, prevista para amanhã, que pode anunciar um corte na produção diária de 600 mil a 1,5 milhão de barris, para tentar puxar a cotação do petróleo. Na sexta, será divulgado o relatório de emprego americano, o Payroll, que pode confirmar os números positivos mostrados hoje pelo ADP.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis