TC Mover
Mover

Ibovespa recua em dia volátil; cautela por reforma, tensão no exterior 

Postado por: TC Mover em 27/02/2019 às 13:00

O índice Bovespa recuava 0,37% perto do meio-dia desta quarta-feira com o mercado demonstrando cautela em relação à reforma da Previdência e com as tensões geopolíticas entre Índia e Paquistão, além das relações dos Estados Unidos com a China e a Coreia do Norte.

 

Para Eduardo Guimarães, especialista em renda variável da Levante Investimentos, os conflitos geopolíticos são o que pesam mais hoje. Ontem, o Paquistão abateu dois aviões indianos que estavam em espaço aéreo paquistanês, acirrando as tensões entre os dois países. Também, o mundo ainda vive a expectativa das tratativas entre os EUA e a China para um acordo comercial, cuja data limite, 1º de março, foi postergada. Hoje ainda acontece o primeiro dia de reuniões entre os líderes americano, Donald Trump, e norte-coreano, Kim Jong-Un, no Vietnã, que devem tratar da desnuclearização da península coreana.

 

No cenário local, o mercado segue em clima de relativa cautela com a reforma da Previdência. Ontem, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, deu declarações a respeito do tema vistas como negativas pelo mercado, indicando que, se a negociação estivesse ocorrendo hoje na Comissão de Constituição e Justiça, haveria obstrução de alguns deputados. Além disso, na segunda-feira, ele indicou que a instalação das comissões irá atrasar, e só deve acontecer a partir de 12 de março.

 

Entre as blue chips, a Petrobras ajudava a suavizar a queda do Ibovespa com alta de 1,09% no papel PN, que segue a alta do petróleo no exterior e a expectativa dos resultados a serem divulgados hoje. Ainda na ponta positiva, a RD liderava as altas do pregão ao avançar 9,67% a R$66,83. Puxando o índice para baixo estavam os papéis da Suzano, com recuo de 3,82%, cotado a R$48,38.

 

Às 12h24; o dólar futuro negociado na B3 caía 0,13% a R$3,739; o índice Dow Jones tinha queda de 0,60% e o S&P500, de 0,55%; o índice VIX, que mede volatilidade, avançava 5,73%.

 

(Foto: Rodrigo Maia/ Agência Brasil)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis