TC Mover
Mover

Ibovespa descola de Nova Iorque, de olho em balanços, com IBC-Br no radar

Postado por: TC Mover em 13/04/2020 às 18:31

Os índices de ações em Nova Iorque fecharam em queda com os investidores realizando parte dos lucros de mais de 10% obtidos na semana passada, e que levaram o S&P500 ao maior ganho semanal desde 1974. Com o feriado de Páscoa na Europa limitando os negócios, os investidores mantiveram a cautela, apesar das notícias mais positivas sobre a pandemia de coronavírus, que já soma 1,87 milhão de contaminados e 116 mil mortes no mundo. Hoje, o governador de Nova Iorque, novo epicentro global da doença, Andrew Cuomo, afirmou que o número de internações continua a cair no Estado, o que indicaria, segundo ele, que o pior da crise parece ter ficado para trás.

A Espanha, por sua vez, começou hoje a relaxar as medidas de quarentena, permitindo a volta de algumas atividades, como indústrias, mas o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou a prorrogação das medidas de quarentena. Na Itália, também foram liberadas livrarias e lojas de roupas, mas as indústrias seguem fechadas e o governo indicou que deve estender as restrições até 3 de maio. A Organização Mundial da Saúde também recomendou cautela, alertando que, apesar desses sinais de perda de força da epidemia, retirar as restrições antes da hora pode levar a segundas ondas do vírus.

A discussão aumenta a atenção aos números da China, que seguem promissores, mostrando que a doença está sob controle mesmo com a retomada quase normal da atividade. Além da cautela com a epidemia, os investidores reduziram as posições em ações aguardando as más notícias que o início da temporada de balanços de empresas americanas no primeiro trimestre deve trazer. Amanhã, estão previstos os resultados de grandes bancos como JPMorgan e Wells Fargo e de grandes empresas como Johnson & Johnson e United Airlines. Mais que os números do primeiro trimestre, ainda pouco afetado pelo coronavírus, a expectativa é com a revisão das projeções das empresas para pior ou a suspensão dos guidances devido à falta de visibilidade para a economia.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis