TC News
News

Ibovespa cai com crise política, exterior; no radar, varejo, Powell

Postado por: TC Mover em 12/05/2020 às 18:42

As bolsas fecharam em forte queda em Nova Iorque em meio ao receio de que a reabertura das economias provoque uma segunda onda do coronavírus, obrigando os governos a adotar novas restrições, atrasando a recuperação da atividade global. Já no Brasil, o ambiente político voltou a preocupar os investidores após informações de que o vídeo da reunião ministerial citada por Sérgio Moro e objeto de investigação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal confirmaria as acusações do ex-ministro de que o presidente Jair Bolsonaro teria tentado interferir na Polícia Federal para proteger sua família. O receio é que as denúncias acabem levando à abertura de um processo de crime de responsabilidade contra o presidente que pode resultar em um processo de impeachment, o que comprometeria a manutenção da política econômica do ministro Paulo Guedes, quer pela saída do presidente, quer por barganhas políticas para evitar o impedimento.

Bolsonaro negou, porém, que tenha feito referências diretas à PF e qualquer irregularidade. As informações sobre a fita, apresentada hoje aos investigadores do caso, fizeram o dólar subir e o Ibovespa reverter o ganho de quase 2% apresentado durante a tarde, afastando-se dos 80 mil pontos. A reversão das bolsas americanas também atrapalhou o índice da B3, após o principal assessor na área de saúde do presidente Donald Trump, o médico infectologista Anthony Fauci, alertar em audiência no Senado dos EUA que a reabertura prematura da economia poderia levar o país a um sofrimento desnecessário e a mais mortes. Nem mesmo a informação de que a maioria democrata na Câmara dos Representantes prepara um novo pacote de ajuda de US$3 trilhões contra a epidemia ajudou as bolsas. O Nasdaq Composto, por exemplo, interrompeu sequência de sete altas seguidas.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis