TC Mover
Mover

Ibovespa bate novos recordes à espera de acordo EUA-China, Copom, Fed e balanços

Postado por: TC Mover em 28/10/2019 às 19:22

O Ibovespa voltou a bater recordes hoje, ainda repercutindo o otimismo com a aprovação da Reforma da Previdência na semana passada e acompanhando a nova máxima em pontos do S&P500 nos EUA. A expectativa de anúncio de um acordo comercial entre Estados Unidos e China na sexta-feira e de corte dos juros pelo Federal Reserve na reunião que termina na quarta-feira animaram os investidores nos EUA e na Europa. No Brasil, a expectativa também é de corte dos juros pelo Comitê de Política Monetária, também na quarta.

 

O Índice Bovespa hoje fechou em 108.187 pontos, superando o recorde anterior, de 107.543, da última terça-feira, véspera da votação da Reforma da Previdência. O índice foi puxado pelos bancos, indicando a presença de estrangeiros no mercado e acompanhando o otimismo das bolsas no exterior. O dólar teve a quarta queda em cinco pregões e fechou em queda de 0,36%, A R$3,991. Para Sandro Sobral, estrategista da mesa do Santander Brasil, a queda do dólar reflete a confiança na equipe econômica após a aprovação da Reforma da Previdência

 

Nos EUA, a expectativa de um acordo inicial entre Estados Unidos e China na sexta para interromper a guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo, que ameaça a atividade global, animou os investidores e fez o índice S&P500 bater recorde de fechamento a 3.039 pontos, com alta de 0,53%. Eles esperam também que o Federal Reserve reduza a meta para os juros americanos, na reunião que começa amanhã e termina na quarta-feira, em 0,25 ponto. Na Europa, o Parlamento britânico rejeitou a proposta do primeiro-ministro Boris Johnson, de convocar eleições gerais antecipadas para 12 de dezembro. Agora, Johnson tentará apresentar um projeto de lei para antecipar as eleições, mas a tramitação será mais lenta.

 

Para amanhã, os bancos centrais do Brasil e dos EUA iniciam suas reuniões de política monetária. O Tesouro informa dados da dívida pública federal de setembro à tarde. Nos EUA, o Conference Board divulga a Confiança do Consumidor, as Expectativas e o Indicador de Situação Atual de outubro. No Japão, à noite, serão conhecidas as vendas no varejo de setembro. No noticiário corporativo, hoje, após o fechamento, a CCR divulga seus resultados do terceiro trimestre. Amanhã, Magazine Luiza, Smiles, Multiplan e Cielo informam resultados após o fechamento.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis