TC Mover
Mover

Cautela com Ibope marca pregão em dia de IPCA

Postado por: TC Mover em 06/09/2018 às 8:23

Na véspera de feriado do Dia da Independência, o investidor deve ficar atento à leitura da pesquisa eleitoral Ibope de ontem, à tensão com as economias dos países emergentes e, em menor grau, aos números de inflação doméstica de mês passado. A volatilidade, os volumes fracos e possivelmente as releituras constantes do cenário demandam cautela e bom juízo na hora de operar.

 

Por exemplo, note-se as diferentes interpretações dos números do Ibope sobre a corrida presidencial de ontem. Para contribuidores TC como Rafael Ferri, os dados mostram reação do candidato predileto do mercado, Geraldo Alckmin, resiliência e alta rejeição de Jair Bolsonaro e desempenho notável de Ciro Gomes. Para outros analistas, o medo de ter o PT no segundo turno ficou menor; outra parte teme que Gomes possa se fortalecer o suficiente para chegar ao segundo turno. Em resumo, com Bolsonaro perto de segundo turno, a outra vaga para a próxima fase da corrida eleitoral está em aberto.

 

De igual forma, uma decisão do ministro do STF Edson Fachin, divulgada no meio da madrugada, pode ter algum reflexo no pregão de hoje: o magistrado negou pedido apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender os efeitos da condenação do petista e, assim, concorrer à Presidência da República. Fique de olho na divulgação do IPCA de agosto às 09h00, com o consenso esperando estabilidade na base mensal e repasse da alta do dólar nos preços ao consumidor sob controle. Preste atenção no comportamento dos núcleos. Também, fique alerta com qualquer pronunciamento sobre a disputa comercial Estados Unidos-China e o desembolso de recursos do FMI à Argentina. No mercado de renda fixa, podemos ver alguma reação à mudança do Plano Anual de Financiamento do Tesouro e à atuação do Banco Central no câmbio via swaps.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado em um minuto, segundo Contribuidores TradersClub

 

Câmbio: deve sentir pressão por conta da preocupação global com os países emergentes e a eleição no Brasil; mercado deve ter releituras da pesquisa Ibope e da decisão do STF em relação a Lula.

 

Juros: devem seguir o câmbio, em princípio, mas pode também reagir às mudanças no Plano de Financiamento do Tesouro.

 

Bolsa: deve reagir à situação dos emergentes, os preços das commodities e ao noticiário político-eleitoral.

 

Ações: Valid, com aumento da participação da Alaska Investimentos; Telefônica Brasil, que aprovou distribuição de juros sobre capital próprio; Movida, que iniciou processo de reposicionamento do segmento de seminovos; Smiles e Multiplus, com a notícia de fechamento de capital desta última; Suzano, que ontem atingiu patamar histórico; Petrobras, que mira parceria com Equinor para geração de energia eólica e acordo com a SBM para recebimento de multa adicional; Eletrobras, com anúncio de investimento em São Paulo pela Furnas; NotreDame, com compra da GreenLine por R$ 1,2 bilhão; Gol, que fechou acordo com companhia de táxi aéreo.

 

— Destaques das recomendações: Rumores da saída do CEO da Telecom Itália, a controladora da Telecom Brasil ($TIMP3), podem ter impacto negativo para a empresa brasileira por conta do papel positivo do executivo na reestruturação da companhia, diz Bradesco BBI.

 

Principais notícias para começar o dia bem informado

 

Trading News

— Fachin nega pedido de Lula para suspender condenação e participar da eleição

— Mercados globais ficam de lado à espera de notícias para emergentes

— Tesouro Nacional anuncia revisão do plano de financiamento de 2018

— Cautela pré-feriado, IPCA devem marcar quinta-feira

— Para UBS e Bradesco, riscos na América Latina superam as oportunidades

 

Valor Econômico

— Lucro semestral de estatais cresce 136%, para R$ 37,2 bi

— Lojista poderá dar recebível a vários bancos

— Crise incentiva “terceira via” na Argentina

— O primeiro submarino vai ao mar

 

O Estado de S.Paulo

— Bolsonaro tem 22%; Ciro sobe e empata com Marina em 12%

— Brasil terá projeto para vítimas de abusos

— MPE acusa Alckmin de improbidade no caso Odebrecht

— Investidores retiram US$ 9,8 bi do país em agosto

 

Folha de S. Paulo

— Alckmin candidato comete “falsidades”, diz Temer em vídeo

— Presidenciável do PSDB tenta censurar no TSE pesquisa do Datafolha

— Recursos para obras na UFRJ caem e 90% ficam no papel

— MDB sacrifica Meirelles e aposta em PT e Bolsonaro

 

Globo/G1

— Bolsonaro mantém liderança, e disputa pelo 2º lugar se acirra

— Inquérito da PF vê indícios de corrupção de Temer

— As saídas para a modernização

— Garotinho teme prisão, mas reafirma candidatura

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais:
— 08h00: IGP-DI de agosto – FGV

— 08h00: Indicador antecedente de emprego de agosto – FGV

— 09h00: IPCA de agosto; consenso 0,27% na base mensal

— 09h00: IPCA de agosto; consenso 4,40% na base anual

— 11h15: Produção de veículos de agosto – Anfavea; anterior -4,1% na base mensal

 

Indicadores internacionais:

— 03h00: Encomendas à Indústria na Alemanha em julho; consenso 1,8%

— 09h15: Variação dos empregos privados ADP de agosto; consenso 190.000

— 09h30: Pedidos iniciais por seguro-desemprego dos EUA; consenso 214.000

— 10h45: PMI Composto Markit EUA de agosto; consenso 55,0

— 10h45: PMI de Serviços dos EUA de agosto; consenso 55,2

— 11h00: Pedidos de Bens Duráveis dos EUA; anterior -1,7%

— 11h00: Encomendas à indústria dos EUA em julho; consenso -0,6%

— 11h00: PMI ISM não-manufatura dos EUA de agosto; consenso 57
— 12h00: Estoques de petróleo bruto dos EUA; consenso -1,294 mi

 

Eventos:

— 10h00: Candidato à Presidência Geraldo Alckmin participa de sabatina promovida pela Faap e O Estado de S.Paulo
— 10h00: Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, participa de reunião da ANP.

— 11h00: Leilão de venda de até 100 mil títulos NTN-F – Tesouro Nacional  
— 11h30: Leilão de até 10.900 contratos de swap cambial para rolagem – BC

— 12h00: Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, tem reunião com vice-presidente do BID, José Sarquis

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis