TC Mover
Mover

Mercado deve buscar alívio com conversa China-EUA; emergentes acordam melhor

Postado por: TC Mover em 16/08/2018 às 8:12

O começo do pregão desta quinta-feira promete menor volatilidade para os ativos dos mercados emergentes e sinaliza uma breve trégua nas quedas dos mercados globais. Ontem à noite, a China informou que o vice-ministro de Comércio Wang Shouwen viajará aos Estados Unidos ainda neste mês para negociar questões comerciais bilaterais. A conversa bilateral será a primeira desde maio. Os mercados reagiram bem à notícia, com as bolsas asiáticas recuperando parte das perdas do dia já no final do pregão. O dólar americano recuava levemente ante pares – um sinal de que a busca por ativos mais seguros deve maneirar hoje.

Em outro front, o Qatar pretende investir até US$15 bilhões na economia turca, trazendo alívio para o país eurasiático num momento de dúvida sobre sua capacidade de superar uma disputa diplomática com os EUA e uma profunda crise econômica. Com isso, a lira turca, que já se recuperava de um tombo de até 18% no início da semana, passou a subir quase 4% em relação ao dólar americano, movimento que ajuda as moedas emergentes. A  percepção de que uma piora na crise turca possa contaminar a Europa e o mundo emergente está cada vez menos intensa. Na Europa, as notícias em relação à Turquia e à China levantam o humor, que também foi impulsionado por alta do varejo britânico bem acima do consenso. Hoje é dia de dados americanos do mercado de emprego, que podem gerar alguma volatilidade.

Por aqui, o assunto do dia é a oficialização pelo PT do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência, seguida prontamente de pedidos de impugnação, protocolados pela Procuradoria-Geral da República, pelo MBL e alguns cidadãos. Apesar de amplamente esperado, o movimento do partido coloca mais pressão sobre o Tribunal Superior Eleitoral, que deverá decidir com pressa e em plenário a situação do ex-presidente. O TSE escolheu como relator o ministro do STF Luiz Roberto Barroso, visto pelo partido como sujeito à influência da opinião pública que repudia a candidatura de figura pública atualmente na prisão. O mercado deve reagir bem, mas de forma cautelosa.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado em um minuto, segundo Contribuidores TradersClub

 

Câmbio: deve reagir à melhora para ativos emergentes no exterior.

 

Juros: deve seguir câmbio; mercado de olho nos desdobramentos da candidatura do ex-presidente Lula e na leitura dos dados dos mercados do desemprego brasileiro e americano.

 

Bolsa: deve reagir à melhora no exterior, balanços e às notícias eleitorais.

 

Ações: Eletrobras, com manutenção do leilão de distribuidoras mesmo sem aprovação de projeto, plano de corte de vagas; JBS, com pedido da Amec à MPF para que minoritários recebam ressarcimento por perdas; Suzano, com minoritário querendo adiar AGE da Fibria; Kroton, que irá captar R$5,5 bilhões com debêntures para pagar compra da Somos Educação; Gafisa, com aumento da participação do grupo GWI; Usiminas, com retomada das atividades em Ipatinga.

 

Destaques das recomendações: O Morgan Stanley elevou a recomendação do ADR da Embraer ($ERJ) de equalweight para overweight, com preço-alvo de US$ 20,90 para US$ 23,50.

 

Principais notícias para começar o dia bem informado

 

Trading News

— Vice-ministro chinês visitará EUA antes de mais sanções, em diálogo de ‘segundo nível’

— ANP aprova minuta de resolução para maior transparência nos preços de combustíveis

— Mercados emergentes entram em território ‘bear market’ com turbulência na Turquia

— Bolsa caminha para queda hoje com exterior tenso e emergentes em queda

— PGR pede impugnação da candidatura de Lula

 

Valor Econômico

— Congresso tenta votar reforma tributária de Appy neste ano

— Aposta de estrangeiro na bolsa revela pessimismo

— Faculdades perdem alunos e cortam custos

— PT registra Lula, mas está dividido

 

O Estado de S.Paulo

— Decisão do STJ beneficia firma familiar em plano de saúde

— PT registra Lula e MPE pede impugnação da candidatura

— Gigantes do setor de carne têm prejuízo de R$ 4 bi

— Facebook derruba rede que vendia engajamentos

 

Folha de S. Paulo

— PT registra candidatura de Lula à Presidência

— Patrimônio de presidente do PP cresce mais de 1.000% em oito anos

— Com dívida de R$ 1,6 bi, Abril entra com pedido de recuperação judicial

— TCM barra privatização do Pacaembu; vencedor sairia nesta quinta-feira

 

Globo/G1

— Para especialistas, é impossível para o próximo presidente cumprir a regra do teto de gastos

— Campanha de rua para presidente começa com 1/3 de indecisos e batalha jurídica no TSE

— Justiça determina penhora de casa de R$ 6,4 milhões de Romário para quitar dívidas

— Ministro da Fazenda diz que, sem teto de gastos, será preciso ‘brutal alta de imposto’

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais:
— 08h00: IPC-S FGV

— 09h00: PNAD Contínua trimestral – IBGE

 

Indicadores internacionais:
— 05h30: Núcleo de vendas no varejo do Reino Unido em julho; consenso +0,1% na base mensal
— 05h30: Vendas no varejo do Reino Unido em julho; consenso +0,2% na base mensal
— 06h00: Balança comercial da Zona do Euro em junho; consenso + €18,0 bilhões

— 09h30: Licenças de construção nos EUA em julho; consenso 1,310 milhões
— 09h30: Construção de novas casas nos EUA em julho; consenso 1,270 milhões
— 09h30: Pedidos iniciais por seguro-desemprego nos EUA; consenso 215 mil
— 09h30: Índice de atividade industrial do Fed Filadélfia em agosto; consenso 21,9

 

Eventos:
N.D: Início da campanha eleitoral nas ruas

— N.D.: Porto Seguro promove Investor Day em São Paulo

— 09h15: Gustavo Franco, economista da chapa do candidato João Amôedo, participa de debate na FGV de São Paulo

— 10h00: Eletrobras tem reunião com investidores e analistas promovida pela APIMEC, em São Paulo

— 10h00: Ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, visita Petrobrás, no Rio de Janeiro

 

Teleconferências:

— 10h00: Copel

— 14h00: Cemig

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

 

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis