TC Mover
Mover

Em dia de PIB dos EUA, investidor muda o foco de Brasília para Argentina, Europa e resultados

Postado por: TC Mover em 26/04/2019 às 8:57

Após uma semana intensa, o investidor foca suas atenções na divulgação dos dados do PIB do primeiro trimestre dos Estados Unidos, na manhã desta sexta-feira, e cuja leitura deve impactar os ativos de risco. Com o Congresso Nacional em pausa até segunda que vem, o mercado tira o olho da reforma da Previdência para colocá-lo no exterior, onde as coisas seguem confusas. A queda das bolsas asiáticas de hoje contamina Europa e os futuros dos índices em Nova Iorque. O dólar americano completa sua segunda semana de ganhos, refletindo a visão de que os ativos do país devem se manter atrativos, com a economia dos EUA firme enquanto as outras mancam.

 

A cautela se explica em parte porque não há sinais de estabilização econômica na Europa e porque a geopolítica não ajuda – neste fim de semana há eleição geral na Espanha. Se os dados americanos de hoje decepcionarem, o sentimento vai piorar. O recrudescimento dos problemas na Argentina e na Turquia, dois países emergentes-problema, reavivam os temores de que a fraqueza global de crescimento pode trazer mais fragilidade financeira – e volatilidade. Já no plano local, a leitura de mercado é de que a tramitação da reforma da Previdência continua desafiadora. A instalação da comissão especial para tratar do mérito da proposta na Câmara foi bem recebida, mas interrogações pairam no ar. Dito isso, a visão é de que presidente Jair Bolsonaro entendeu o jogo e que sua tentativa de aproximação com o Congresso traz esperanças.

 

Assim, foque na prévia do PIB dos EUA, que será divulgada às 09h30: o consenso colhido pelo TC é de alta de 2,2% na base anual, porém com dispersão ampla nas estimativas. Ainda nos EUA, há a publicação dos dados de confiança do consumidor em abril. No Brasil, outros índices de confiança serão publicados mais cedo, enquanto o Banco Central divulga os dados sobre o mercado de crédito para março. A bolsa deve reagir positivamente ao lucro acima do consenso das Lojas Renner e da Localiza e à notícia de que a Petrobras assinou três contratos de venda de ativos por US$10,3 bilhões. Há uma enxurrada de teleconferências – Copasa, Grendene, Fleury – e assembleias, como as do Banco do Brasil e da Oi. Em Brasília, o dia é de reuniões, porém não tão decisórias como as que devem acontecer na semana que vem em torno da reforma.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

As bolsas ao redor do mundo apontam para uma sexta-feira em queda com preocupações envolvendo o crescimento da economia global e a consequente atuação dos principais bancos centrais, como os Estados Unidos e o Japão, no custo do dinheiro pelo mundo.

 

Bolsa: As bolsas europeias e os futuros dos índices americanos recuavam em bloco, seguindo a queda de 1,20% do Xangai Composto,o principal índice acionário da China. No início da semana, dados para a economia do país surpreenderam positivamente, levando o banco central chinês a sinalizar que pode encerrar a atual política de estímulos – o que, para os investidores, poderia significar um retorno à desaceleração. O mercado fica ainda à espera dos últimos balanços da semana nos EUA, além da prévia dos dados do PIB americano para o primeiro trimestre. Na Ásia, o índice Nikkei recuou 0,22% antes do início do recesso de dez dias da Golden Week.

 

Principais notícias corporativas

 

Construtoras: Recursos do Minha Casa Minha Vida acabam em junho, diz ministro (Folha)

 

Santos Brasil: Santos Brasil tem demanda superior a 2 vezes para R$ 300 mi de debêntures (Estado)

 

Petrobras: Desconsiderar o risco de uma greve é temerário, diz presidente da Petrobras (Estado)

 

Banco do Brasil: Campanha publicitária do BB é quase a gota d’água (Estado)

 

Educação: Atraso no Fies bate recorde, e dívida chega a R$ 13 bilhões (Globo)

 

Petrobras: Petrobras muda estatuto para agilizar venda de subsidiárias (Valor)

 

Eldorado: PE e os Batista acirram a disputa pela Eldorado (Valor)

 

Even: Even tem capacidade para lançar R$ 2 bilhões (Valor)

 

Natura: Natura está perto de fechar negócio com Avon Products (Valor)

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

08h00 Confiança da construção – FGV

08h00 Confiança do comércio – FGV

10h00 Dívida federal (março) – Tesouro

10h30 Empréstimos bancários mensal (março) – Banco Central

 

Indicadores internacionais

09h30 EUA – Prévia do PIB (1T); consenso 2,20%

09h30 EUA – Preços PCE (1T)

09h30 EUA – Núcleo de preços PCE (1T)

09h30 EUA – Índice de preços do PIB trimestral (1T); consenso 1,50%

09h30 EUA – Gastos dos consumidores (1T)

11h00 EUA – Índice Michiga de percepção do consumidor (abril); consenso 97

14h00 EUA – Contagem de sondas – Baker Hughes

 

Resultados corporativos

DF Hypera Pharma

DF Paranapanema

DF Smiles

 

Teleconferência de resultados

10h00 Copasa

10h30 Grendene

11h00 Fleury

12h00 Localiza

13h00 Lojas Renner

 

Assembleias

N.D. Banco do Brasil

N.D. Duratex

N.D. Cosan

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis