TC Mover
Mover

Em dia de feriado nos EUA e vencimento de opções, liquidez deverá ser restrita; no radar, balanços, Focus

Postado por: TC Mover em 17/02/2020 às 8:59

Em dia de feriado nos Estados Unidos, quando geralmente há queda na liquidez global, as bolsas europeias avançavam na esteira das altas na Ásia, que reagiram positivamente ao anúncio de mais estímulo fiscal por parte do governo chinês para combater os efeitos do surto de coronavírus. O iene e o ouro recuaram, refletindo os dados preliminares desastrosos da economia japonesa no quarto trimestre. Ações de montadoras e mineradoras lideram as altas na Europa, enquanto os rendimentos dos títulos europeus oscilam e o euro se fortalece ante o dólar americano, após ter tocado a mínima em quase três anos na sexta-feira passada. Da mesma maneira, os índices acionários da China praticamente zeraram as perdas desde o reinício das negociações após o intervalo estendido do feriado do Ano Novo Lunar e a erupção da epidemia de coronavírus. Tanto a China como Hong Kong e Singapura prometeram estímulos fiscais para combater o impacto do vírus na atividade econômica. Pequim reduzirá as alíquotas impositivas das empresas e as despesas públicas desnecessárias, disse o ministro da Fazenda Liu Kun, na revista oficial Qiushi. Hong Kong deve ter déficit fiscal recorde no próximo ano fiscal, disse o secretário de Finanças, Paul Chan.

 

A notícia do dia sobre o vírus é a possibilidade de que o governo chinês adie sua reunião anual mais importante de política econômica, programada para 5 de março, por conta do surto. Seria a primeira vez em décadas que isso acontece. A província chinesa de Hubei, epicentro do surto, registrou na segunda-feira 1.933 novas infecções, acima que no domingo. O total de mortos no país ascendeu para 1.770 e os casos confirmados subiram para 70.550. As mortes fora da China continental subiram para cinco.  No Brasil, dois assuntos devem nos ocupar em dia de vencimento de opções sobre ações na B3 e de baixa liquidez pelo feriado americano: o primeiro, a chamada paralisação “branca” dos caminhoneiros, programada para essa semana. A Justiça Federal determinou em decisão liminar provisória de ontem que os caminhoneiros autônomos da Baixada Santista não podem impedir ou bloquear o acesso ao Porto de Santos, o maior do país. Mesmo assim, repórteres da TV Globo mostravam que havia algum bloqueio.

 

O Carrefour Brasil assinou compromisso de compra e venda para a aquisição de 30 lojas de atacado e 14 postos de combustíveis operados pela Makro, em estratégia que deve acelerar o crescimento do segmento atacarejo da maior supermercadista de país e elevar as vendas em até 60%, segundo a empresa. A Carrefour Brasil pretende converter a bandeira das lojas para Atacadão ao longo dos 12 meses após o fechamento da transação, que depende de acordo entre as duas empresas e os proprietários das lojas alugadas e a aprovação dos reguladores. A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, controlada pela Triunfo e pela UTC, conseguiu aprovar, na sexta-feira, seu plano de recuperação judicial, após dois anos de tentativas. Agora, a empresa poderá devolver o controle do aeroporto à União, que fará um novo leilão. Segundo o Estado de S. Paulo, a fintech Stone entrou com ação na 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem de São Paulo contra o Banco Safra por concorrência desleal na estratégia de conquistar mais espaço para o SafraPay, o sistema de meio de pagamentos eletrônicos.

 

(Por: Guillermo Parrab-Bernal e Ana Carolina Siedschlag || Foto: Singapura – Jason Goh)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis