TC Mover
Mover

Discursos do Fed, China e IPCA marcam segunda semana do ano

Postado por: TC Mover em 07/01/2019 às 8:01

Um tom mais ameno domina os mercados mundo afora nesta segunda-feira, após os números fortes do mercado de emprego americano e os apontamentos de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, sobre o ciclo de alta de juros, na última sexta-feira. Em clima de espera pelo início de outra série de reuniões comerciais entre os Estados Unidos e a China, os índices na Ásia, na Europa e os futuros das bolsas americanas amanheceram em alta, sinalizando menor aversão ao risco para os mercados emergentes. A semana será marcada pelos discursos de vários dirigentes do Fed – nove no total – e pode trazer sinalizações sobre o futuro do ciclo de juros nos EUA.

 

Por aqui, o destaque fica com as posses dos presidentes do BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica, que acontecem hoje em Brasília, e na polêmica sobre o uso das redes sociais pelo presidente Jair Bolsonaro, seus filhos e alguns membros do seu gabinete: a família Bolsonaro passou o final de semana em clima de campanha partidária criticando a mídia, o PT e até o ex-candidato à presidência, Fernando Haddad. Já sobre a reforma da Previdência, nada: o investidor continua no escuro.

 

Fique de olho esta semana em possíveis indicações de como essa reforma poderá ser conduzida nos próximos meses – ainda que a administração pareça estar longe de entrar em um consenso sobre o assunto. Esta semana ainda teremos a produção industrial de dezembro, na terça-feira, e dados de inflação do Brasil e dos EUA, na sexta-feira.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

Os mercados acionários asiáticos e europeus mostraram altas no pregão desta segunda-feira, na esteira de sinalizações mais flexíveis por parte do Federal Reserve e de uma série de anúncios de estímulo econômico na China, que impulsionaram maior demanda por ativos de risco. Os ganhos se espalharam de Tóquio a Londres, puxando o dólar americano para seu menor nível em quase duas semanas.

 

Assim, os futuros dos índices acionários americanos também subiam, porém de forma mais modesta. O sinal, segundo um trader sediado em Hong Kong, é que os ganhos vistos em Nova Iorque na sexta-feira continuem hoje “salvo alguma surpresa”. Para ele, os comentários do presidente do Fed, Jerome Powell, de que as autoridades estão atentas à mensagem dos mercados em relação à situação econômica e o aperto da política monetária na maior economia do mundo é fundamental para evitar “um tombo pior”.

 

O mercado de títulos de dívida pública americana também se estabilizou, depois de fortes oscilações entre quinta e sexta-feira passadas. Os mercados ficam de olho hoje na reunião ministerial sobre comércio entre delegados dos Estados Unidos e a China, que não deve trazer anúncios concretos, mas pode deixar o terreno pronto para discussões em aspectos chaves das disputas comerciais entre as duas nações.

 

Principais notícias corporativas

 

Bancos: Novos presidentes da Caixa e do Banco do Brasil tomam posse nesta segunda-feira e devem discursar em suas respectivas cerimônias de posse às 11h00 e às 14h00.

 

Caixa: O novo presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, disse ao Valor que o banco estatal pretende usar dinheiro de listagens de subsidiárias para pagar empréstimos ao Tesouro Nacional.

 

Eletrobras: Mesmo com manutenção de presidente, plano para Eletrobras não foi acertado, diz a Folha

 

Banrisul: ‘Privatizar o Banrisul não é oportuno para o RS’, diz novo governador ao Estado

 

Renova: Renova terá de pedir novo prazo ao BNDES, segundo o Valor


Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

08h25 Relatório Focus

15h00 Balança Comercial semanal

 

Indicadores internacionais

05h00 Alemanha: Encomendas à indústria mensal (novembro); consenso -0,40%

05h00 Alemanha: Vendas no varejo mensal (novembro); consenso 0,30%

07h30 Zona do Euro: Confiança do Investidor Sentix (janeiro); consenso -2,8

08h00 Zona do Euro: Vendas no varejo mensal (novembro); consenso 0,10%

13h00 EUA: Encomendas à indústria mensal (novembro); consenso 0,30%

13h00 EUA: Atividade empresarial Não-Manufatureira ISM (dezembro); consenso 64,6

13h00 EUA: Encomendas de bens duráveis mensal (novembro)

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis