TC News
News

Dados na China, UE impõem ‘choque de realidade’ e ativos de risco recuam; agenda inclui balanços e Congresso

Postado por: TC News em 14/08/2019 às 9:09

Os ativos de risco devolvem parte dos fortes ganhos da véspera nesta quarta-feira de dados ruins de atividade na China, PIB da União Europeia e inflação no Reino Unido. É factível que os mercados de renda variável, juros e câmbio na B3 operem pressionados ao longo do dia – o país está refém da volatilidade que impera nos mercados globais. A volatilidade, medida pelo índice VIX, subia 10% hoje, enquanto os rendimentos dos Treasuries de dois anos superam os de dez anos pela primeira vez desde 2005: a chamada inversão da curva prenuncia recessão nos Estados Unidos daqui a 20 meses.

 

Na noite de ontem, os números de atividade na China – que incluíam produção industrial, vendas no varejo e investimento em capital fixo para julho – frustraram todos os consensos. A economia da Alemanha encolheu no segundo trimestre na esteira da queda nas exportações, enquanto a produção industrial da Zona do Euro teve sua pior queda em quase quatro anos. O sentimento de mercado, pois, deve continuar abalado com a crescente possibilidade de uma recessão global, apesar dos sinais de menor acirramento da disputa comercial e diplomática entre americanos e chineses. 

 

O investidor precisa ficar de olho se a inversão da curva dos Treasuries americanos e, também, dos Guilds britânicos de dois e dez anos se aprofunda – o que pode levar a uma disparada na aversão ao risco nos próximos dias. No plano local, o Congresso ontem mostrou serviço, o que pode ajudar a blindar os ativos brasileiros da queda vista mundo afora. Além de a Câmara aprovar o texto-base da Medida provisória da Liberdade Econômica, foi alcançado acordo para que o Senado vote, em primeiro turno, a Reforma da Previdência em 19 de setembro e, em segundo turno, no dia 2 de outubro; em troca, as propostas para redesenhar o pacto federativo serão destravadas. 

 

Para hoje, o destaque na agenda econômica, que está bem vazia, é a divulgação do fluxo cambial para a semana passada, em novo horário: passou das 12h30 para as 14h30. No plano internacional, teremos o índice de preços das importações e exportações dos EUA. Os estoques de petróleo nos EUA, que sempre trazem volatilidade na cotação da commodity, podem mostrar queda semanal. Hoje, a lista de balanços para depois do fechamento está repleta. De manhã, a Embraer reportou números acima do consenso, enquanto a Kroton teve forte queda no lucro líquido ajustado. 

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Principais notícias corporativas

 

No âmbito corporativo, Vale ON liderou os ganhos do Ibovespa em pontos ontem, com alta de 2,97%. Já a Suzano ON teve a maior alta percentual, de 5,87%. MRV foi a maior queda percentual: recuo de 3,84%. O BTG Pactual cortou o preço-alvo da ADR da ação PN da Petrobras, citando o preço mais baixo para o petróleo Brent. A BRF disse que Carlos Moura será empossado como diretor financeiro em 16 de setembro. A Klabin venceu licitação de armazém no porto de Paranaguá, com investimentos previstos da ordem de R$130 milhões.

 

O lucro líquido da Movida subiu 4% na base anual para R$41,5 milhões. O lucro da operadora de planos de saúde Qualicorp, de R$110,1 milhões, frustrou o consenso. O lucro da Alupar atingiu R$110,9 milhões. A BNDESPar, braço de investimentos do BNDES, perdeu R$1,819 bilhão no trimestre, aumento de 485% na base anual. A Sanepar registrou lucro líquido de R$232,6 milhões, queda de 8,3%, e disse que trabalhará com auditores independentes para determinar a existência de impactos de operação judicial sobre o balanço. A Hapvida lucrou R$227,1 milhões no período, acima do consenso.

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

14h30 Fluxo cambial semanal – Banco Central

 

Indicadores internacionais

03h00 Alemanha – Prévia PIB anual (2T)

03h00 Alemanha – PIB trimestral (2T)

05h30 Reino Unido – Núcleo IPC mensal (julho)

05h30 Reino Unido – Núcleo do IPP mensal (julho)

05h30 Reino Unido – IPC mensal (julho)

05h30 Reino Unido – IPC anual (julho)

05h30 Reino Unido – IPP mensal (julho)

05h30 Reino Unido – IPP anual (julho)

06h00 UE – Prévia do PIB trimestral  (2T)

06h00 UE – Prévia do PIB anual (2T)

06h00 UE – Produção industrial mensal (junho)

06h00 UE – Produção industrial anual (junho)

08h00 EUA – Pedido de hipotecas semanal – MBA

09h30 EUA – Preços de bens exportados mensal (julho)

09h30 EUA – Preços de bens importados mensal (julho)

11h30 EUA – Estoques de petróleo bruto

 

23h00 China – Vendas no varejo anual (julho)

23h00 China – Taxa de desemprego anual (julho)

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

 

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis