TC Mover
Mover

Com política dando um passo atrás do abismo, mercado foca na reunião EUA-China, Brexit e inflação americana

Postado por: TC Mover em 29/03/2019 às 9:11

Com o Brasil colocado acima dos interesses, das rachas e dos egos dos políticos por enquanto, o mercado começa essa sexta-feira em um tom de paz. A reforma da Previdência parece ter se desenroscado e os ânimos entre os poderes Executivo e Legislativo têm se acalmado à medida em que as forças partidárias retomam a racionalidade em torno da questão. Mas o risco de uma virada no sentimento persiste, até porque as disputas entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que tomaram quase duas semanas do nosso tempo, botaram um freio no calendário de aprovação da reforma – o que pode custar bastante se bater algum estresse mundo afora.

 

Essa paz deve deixar o cenário local um pouco de lado para o investidor se focar no exterior – onde a agenda está agitada. Hoje os mercados globais mostram desempenho positivo, o que deve permitir um fechamento trimestral bom, enquanto esperam pelo anúncio de um acordo comercial entre os Estados Unidos e a China. A mais nova rodada de negociações comerciais em Pequim pode trazer alguma surpresa positiva. Já no Reino Unido, o novelão do Brexit se estende pelo terceiro dia consecutivo, com a possível votação do projeto da premiê Theresa May para o plano de saída pela terceira vez. Ela deve deixar seu posto na sequência. Nos EUA, teremos dados de gastos com consumo e inflação PCE às 09h30.

 

No Brasil, a agenda econômica inclui dados de desemprego, do balanço fiscal do setor público consolidado, os balanços da Kroton e da Cemig e mais do noticiário político. O governo também deve anunciar os detalhes do contingenciamento orçamentário de R$30 bilhões – anunciado pelo ministro Paulo Guedes em audiência no Senado na quarta-feira.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

Os principais índices acionários ao redor do mundo avançavam nesta sexta-feira com otimismo relacionado ao fim de mais uma rodada de negociações entre os Estados Unidos e a China, às quais o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, chamou de “construtivas”.

 

Na Ásia, o índice Xangai Composto disparou 3,20% na expectativa por uma resolução da guerra comercial que dura mais de um ano e que tem comprometido parte da aceleração econômica do país. Mnuchin disse em sua conta no Twitter que espera a visita do vice-premiê chinês, Liu He, na próxima semana em Washington para que possam dar continuidade às negociações. Outros índices asiáticos, como no Japão e na Coreia do Sul, também refletiram o otimismo.

 

O futuro das bolsas americanos seguia na mesma estreia, com indicação de altas moderadas para os índices S&P500 e Dow Jones. Hoje teremos alguns indicadores importantes para o país, como a variação do gasto e da renda pessoal em fevereiro, que podem dar mais pistas sobre a atual situação econômica americana – tema caro às próximas decisões de juros do Federal Reserve.

 

Na Europa, apesar do clima positivo, contaminado pelas negociações na Ásia, o desenrolar do Brexit continua a fazer sombra nos maiores mercados da região. A primeira-ministra Theresa May deve colocar uma versão mais branda do acordo de saída do Reino Unido em votação nesta sexta-feira – movimento que pode significar a sua saída da liderança do país. Mais cedo, o PIB britânico para o quarto trimestre mostrou um andamento em linha com o esperado, com alta de 1,4% na base anual.

 

Principais notícias corporativas

 

Smiles: O conselho de administração da Smiles aprovou o nome de André Fehlauer como novo diretor-presidente no lugar de Leonel Dias de Andrade Neto, que renunciou ao cargo por razões pessoais.

Vale: A Vale atualizou a projeção de volume de vendas de minério de ferro neste ano para entre 307 e 332 milhões de toneladas.

CPFL Energia: A CPFL Energia publicou um lucro líquido de R$670 milhões no quarto trimestre, um salto de 34,7% na comparação anual.

Bradespar: A Bradespar apresentou um lucro líquido de R$1,97 bilhão no quarto trimestre, o que representa uma alta de 47,5% na base anual.

Embraer: A Embraer anunciou que o Consórcio Águas Azuis, formado pela companhia e pela Thyssenkrupp, foi escolhido para construir quatro navios de defesa Corveta para a Marinha do Brasil.

Even: A Even apresentou prejuízo líquido de R$92,3 milhões no quarto trimestre, ante perdas líquidas de R$193,1 milhões apuradas no mesmo período em 2017.

Unicasa: A Unicasa comunicou que seu conselho de administração elegeu Kelly Zietolie como CEO e membro do conselho para substituir Frank Zietolie, que faleceu em acidente aéreo.

Fertilizantes Heringer: A Fertilizantes Heringer, que está em recuperação judicial, divulgou um prejuízo líquido de R$338,1 milhões no quarto trimestre, ante perdas de R$23,2 milhões registradas um ano antes.

Montadoras: Montadoras querem que Bolsonaro volte atrás em livre-comércio com México (Folha)

Gol: Aeroportos do interior de SP voltarão a ter voos comerciais após mais de 10 anos (Folha)

 

Agenda do dia

 

 

Indicadores nacionais Consenso
09h00 Taxa de desemprego Pnad Contínua (fevereiro) – IBGE
10h30 Balanço orçamentário (fevereiro) – BC
10h30 Superávit orçamentário (fevereiro) – BC
10h30 Relação dívida/PIB – BC 53,80%
Indicadores internacionais Consenso
02h00 Japão – Encomendas de construção anual (fevereiro)
02h00 Japão – Construção de novas casas anual (fevereiro) 0,50%
04h00 Alemanha – Vendas no varejo mensal (fevereiro) -0,50%
04h00 Alemanha – Vendas no varejo anual (fevereiro)
04h00 Alemanha – Preços de bens importados mensal (fevereiro) 0,50%
05h55 Aleamanha – Taxa de desemprego (março) 4,90%
06h30 Reino Unido – PIB trimestral (4T) 0,20%
06h30 Reino Unido – PIB anual (4T) 1,30%
06h30 Reino Unido – Transações correntes (4T) -£23 bi
06h30 Reino Unido – Investimentos das empresas trimestral (4T) -1,40%
07h00 UE – IPC anual (março)
07h00 UE – IPC-núcleo anual (março)
09h30 EUA – PCE Deflator mensal
09h30 EUA – PCE Deflator anual
09h30 EUA – Renda pessoal mensal (fevereiro) 0,30%
09h30 EUA – Gastos pessoais mensal (fevereiro) 0,30%
09h30 EUA – Consumo pessoal real mensal (janeiro)
10h45 EUA – PMI de Chicago (março) 61,4
11h00 EUA – Confiança do consumidor Michigan (março)
11h00 EUA – Índice Michigan de percepção do consumidor (março) 97,8
11h00 EUA – Vendas de casas novas mensal (fevereiro) 1,60%
14h00 EUA – Contagem de sondas Baker Hughes

 

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis