TC Mover
Mover

Com Bolsonaro de volta, reforma ganha prioridade; petróleo, inflação nos EUA, comércio no radar

Postado por: TC Mover em 13/02/2019 às 8:45

O investidor deve focar sua atenção hoje na provável alta que o presidente Jair Bolsonaro deve receber do hospital, após 18 dias internado, e como sua recuperação lenta poderá impactar a costura do texto final da reforma da Previdência e seu envio ao Congresso. Mesmo com um calendário mais apertado para o projeto, os mercados de câmbio, juros e renda variável reagiram bem à informação de ontem de que já são cogitadas as negociações de cargos no segundo escalão com o Congresso e rumores de que as idades mínimas serão de 62 anos para homens e 57 para mulheres – contra a orientação da ala econômica do governo, que quer elas equiparadas em 65 anos.

 

O ruído, no entanto, não deve acabar com a volta do ex-capitão ao Planalto. Ontem, um tweet do presidente informando que os produtores de leite serão compensados pelo fim da taxa antidumping trouxe à tona aquela questão do discurso liberal da campanha e suas claras contradições. Assim, fique de olho no que ele possa anunciar ao longo dos próximos dias.

 

Na agenda doméstica de divulgações teremos vendas no varejo de dezembro às 09h00 e fluxo cambial semanal, por volta do meio-dia. Duratex e Totvs estarão entre as companhias que divulgarão resultados trimestrais. O Banco Central, que ontem deu mais detalhes sobre seu cenário para a política monetária, leiloa até 10.330 contratos de swap cambial na manhã de hoje. Câmbio e juros podem reagir a todos esses eventos. Mundo afora, o clima é de calmaria. Os mercados na Ásia e na Europa repercutiam positivamente a notícia de que o presidente americano Donald Trump estaria considerando postergar a data final para elevar as sobretaxas de importação para US$200 bilhões em produtos chineses, previsto para 1º de março. Os comentários do irascível presidente ajudam a amenizar a noção de que ele estaria inflexível sobre o gigante asiático.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

Os mercados na Ásia e na Europa repercutiam positivamente a notícia sobre o possível adiamento da data final para o início das tarifas americanas contra a China. A aversão ao risco mundo afora, que já vinha perdendo tração desde o início da semana, foi dissipada, enquanto a maior parte dos índices ao redor do globo subia com força, seguindo o otimismo de que as discussões sobre a guerra comercial estão se encaminhando,

 

Amanhã começam os dias de reunião entre o representante do comércio exterior americano, Robert Lightizer, o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o vice-premiê chinês, Liu He. A notícia de Trump, veiculada na Bloomberg, ajuda a amenizar a noção de que o presidente estaria inflexível sobre o gigante asiático.

 

Para hoje, fique de olho numa série de indicadores dos Estados Unidos e da Europa e nas negociações sobre a paralisação do governo federal americano. No mês passado, a paralisação atrasou a publicação de vários indicadores da economia americana, itens essenciais para monitorar a tendência da taxa-alvo de juros.


Principais notícias corporativas

 

B3: A própria bolsa divulgou dados operacionais de janeiro, com destaque para o aumento de 65,5% no volume financeiro médio diário do segmento Bovespa, totalizando R$16,8 bilhões.

 

Rumo: O Conselho de Administração da Rumo aprovou a venda de R$500 milhões em debêntures com vencimento em dez anos.

 

Romi: A Indústrias Romi publicou um líquido de R$21 milhões referente ao quarto trimestre, um crescimento de 41,7% na base anual.

 

Biosev: A Biosev registrou um prejuízo líquido de R$230 milhões no terceiro trimestre de 2019 do ano-safra – encerrado em dezembro –, com um EBITDA ajustado de R$409 milhões no período, resultado 27,9% inferior na base anual.

 

Recrusul: A empresa de implementos rodoviários Recrusul divulgou um faturamento bruto de R$1,17 milhão em janeiro. Em todo o ano de 2018, a conta foi de R$5,59 milhões.

 

BRF: BRF deve recolher 164,7 toneladas de carne de frango in natura destinadas ao mercado brasileiro por suspeita de salmonella

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

09h00 Vendas no varejo mensal (dezembro)

09h00 Vendas no varejo anual (dezembro)

12h30 Fluxo cambial estrangeiro

 

Indicadores internacionais

N.D. EUA – Balança comercial de bens

N.D. EUA – Construção de novas casas; consenso 1,250 mi

07h30 Reino Unido – IPC mensal (janeiro)

07h30 Reino Unido – Núcleo IPC mensal (janeiro)

07h30 Reino Unido – IPP bens intermediários mensal (janeiro)

07h30 Reino Unido – Índice de preços no varejo mensal (janeiro)

08h00 UE – Produção industrial mensal (dezembro)

08h00 UE – Produção industrial anual (dezembro)

11h30 EUA – IPC mensal (janeiro)

11h30 EUA – IPC anual (janeiro)

11h30 EUA – Núcleo IPC mensal (janeiro)

11h30 EUA – Núcleo IPC anual (janeiro)

13h30 EUA – Estoques de petróleo bruto

17h00 EUA – Balanço orçamentário federal (dezembro)

21h50 Japão – PIB trimestral (4T)

21h50 Japão – PIB anual (4T)

 

Resultados trimestrais

D.F. Paranapanema

D.F. Duratex

D.F. Totvs

 

Teleconferências de resultados

10h00 Banrisul

10h30 Indústrias Romi

12h00 Biosev

16h00 Cosan Logística

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis