TC Mover
Mover

Chamada entre EUA, China puxa mercados; no radar, IPCA-15, Plano Pró-Brasil

Postado por: TC Mover em 25/08/2020 às 8:19

Os futuros dos índices acionários americanos ecoavam de leve o desempenho estelar das bolsas americanas da véspera – quando o S&P500 fechou acima dos 3.400 pontos pela primeira vez na história -, impulsionados pela notícia de que aquela reunião entre Estados Unidos e China, para discutir a Fase I do acordo comercial, finalmente aconteceu na madrugada desta terça-feira. Segundo comunicados conjuntos de ambos os governos, os secretários americanos Robert Lightizer e Steven Mnuchin e o vice-premiê chinês, Liu He, responsáveis pelas negociações em torno do acordo, conversaram por telefone numa conversa “construtiva” – segundo o governo chinês – e com progresso para o acordo – segundo o governo americano. Com isso, e impulsionados por uma série de notícias positivas sobre as ansiosamente aguardadas vacinas contra a Covid-19, os índices americanos devem ter mais um dia de renovação de recordes.

No plano local, os ouvidos dos investidores estão curiosos por mais detalhes do aparentemente ambicioso plano “Big Bang” do ministro da Economia, Paulo Guedes, com medidas de estímulo à economia e também de proteção à austeridade fiscal. O lançamento do plano havia sido inesperadamente aventado para hoje, mas, como era de se esperar dada a complexidade das medidas que já vazaram na mídia, esbarrou em negociações entre a ala econômica e a desenvolvimentista do governo e permanece sem data para divulgação. O que está confirmado agora de manhã é o lançamento do novo Minha Casa, Minha Vida, rebatizado de Casa Verde e Amarela, às 11h00, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Os olhos estarão nele e nos sinais de que os “bombeiros do Planalto” conseguiram domar a fera verborrágica em uma das semanas mais cruciais para o plano econômico de Guedes.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis