TC Mover
Mover

CCJ, cessão onerosa e fraqueza do dólar devem aliviar pregão em dia de IPCA, decisão do BCE e ata do Fed

Postado por: TC Mover em 10/04/2019 às 8:55

As bolsas asiáticas encerraram o pregão de quarta-feira sem direção definida, como reflexo da crescente tensão comercial entre os Estados Unidos e a União Europeia, dos alertas do Fundo Monetário Internacional quanto à desaceleração global e das conversas comerciais entre os EUA e a China. Porém, na Europa, o dia começou no azul para os índices acionários da região e para os futuros das bolsas em Nova Iorque, o petróleo retomou os ganhos e a fraqueza do dólar deu fôlego extra ao apetite por risco.

 

Esse é o pano de fundo para o pregão de hoje na B3, alicerçado pela leitura do parecer sobre a reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e pelo anúncio – após quase seis anos de disputas – do acerto entre a União e a Petrobras para a renegociação do contrato da cessão onerosa. Amanhã completam os primeiros 100 dias do governo do presidente Jair Bolsonaro, com o mercado confiante na capacidade dele de reestabelecer uma ponte com o poder Legislativo para aprovar o pacote do ajuste fiscal. O mercado está satisfeito com a condução da economia por parte do ministro Paulo Guedes, que hoje estará nas reuniões de primavera do FMI em Washington.

 

A agenda do dia está cheia tanto no Brasil como no exterior. No plano local, o destaque principal é o IPCA de março, que deve mostrar uma forte aceleração; mundo afora, haverá o índice de preços ao consumidor dos EUA – que pode reforçar a tese do banco central do país de manter as taxas de juros inalteradas. O Federal Reserve, como é conhecido, publica a ata da sua última reunião de política monetária à tarde. Na Europa, teremos dados de atividade no Reino Unido, a reunião de lideranças europeias sobre o Brexit e a decisão de taxa de juros do Banco Central Europeu – seguida de coletiva do presidente da autarquia, Mario Draghi, às 09h30, horário de Brasília.

 

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

Os índices asiáticos fecharam com desempenho misto, enquanto as bolsas europeias e os futuros dos índices americanos subiam nesta terça-feira à espera de uma série de eventos ao redor do mundo que pode trazer volatilidade para o pregão: decisão de juros na Zona do Euro, ata da última reunião do FOMC – o comitê de política monetária dos Estados Unidos – e a escalada do conflito na Líbia.

 

Bolsas: Os índices negociados na Europa aceleravam atentos à decisão da taxa de juros na Zona do Euro, às 08h45, horário de Brasília, que deve manter o atual patamar inalterado. A expectativa com um possível novo adiamento do Brexit, como é conhecida a saída do Reino Unido da União Europeia, ajuda a manter o otimismo dos mercados – segundo a mídia britânica, o prazo poderia ser estendido até o ano que vem, com espaço para o acerto de um acordo que evite a desaceleração econômica da região. Nos Estados Unidos, os futuros das bolsas acompanhavam a mesma tendência, à espera da ata da última reunião do FOMC e de olho na escalada das ameaças tarifárias do presidente Donald Trump contra a Europa – na Ásia, essa discussão mitigou a alta do índice Xangai Composto e derrubou as bolsas do Japão e da Coreia do Sul.


Principais notícias corporativas

 

Avianca: Aeroportos exigem pagamento à vista para operações da Avianca (Globo)

 

Frigoríficos: Bolsonaro deve se reunir com 51 diplomatas árabes para evitar boicote à carne brasileira (Estado)

 

Petrobras I: Conselho aprova acordo entre Petrobras e União e dá a largada para megaleilão do pré-sal (Folha)

 

Petrobras II: STF manda soltar Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras preso na Lava Jato (Folha)

 

Petrobras III: Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, volta a entrar em atrito com AGU sobre acordo com Petrobras (Valor)

 

Petrobras IV: Petrobras cogita nova emissão de debentures, planeja levantar aproximadamente R$3 bilhões, diz Coluna do Broadcast, citando fontes.

 

Klabin: Por custo menor, Klabin migra exportação para graneleiro (Valor)

 

Caixa: Concorrência da Caixa para escolher parceiro atrai credenciadoras (Valor)

 

CSN: CSN decide hoje se realiza emissão de bônus (Valor)

 

Santos Brasil: Santos Brasil inicia expansão de seu terminal de Santos (Valor)

 

Marfrig: Marfrig entra na briga com a JBS para fornecer hambúrguer ao McDonald’s (Valor)

 

Odebrecht: Odebrecht pede corte de 70% em sua dívida (Valor)

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

05h00 IPC (março) – Fipe

08h00 Prévia IGP-M (abril) – FGV

09h00 IPCA mensal (março) – IBGE; consenso 0,61%

09h00 IPCA anual (março) – IBGE; consenso 4,41%

12h30 Fluxo cambial estrangeiro – MEcon

 

Indicadores internacionais

05h30 Reino Unido – PIB mensal (fevereiro); consenso 0,20%

05h30 Reino Unido – PIB anual (fevereiro)

05h30 Reino Unido – Produção industrial mensal (fevereiro); consenso 0,10%

05h30 Reino Unido – Produção industrial anual (fevereiro); consenso -0,80%

08h00 EUA – Pedidos de hipoteca semanal – MBA

08h45 UE – Taxa de facilidade permanente de depósito; consenso -0,40%

08h45 UE – Facilidade permanente de cedência de liquidez; consenso 0,25%

08h45 UE – Decisão da taxa de juros (abril); consenso 0,00%

09h30 EUA – IPC mensal (março); consenso 0,30%

09h30 EUA – IPC anual (março); consenso 1,80%

09h30 EUA – Núcleo do IPC mensal (março); consenso 0,20%

09h30 EUA – Núcleo do IPC anual (março); consenso 2,10%

11h30 EUA – Estoques de petróleo bruto

15h00 EUA – Balanço orçamentário federal (março); consenso -US$ 227 bi

22h30 China – IPC mensal (março); consenso -0,20%

22h30 China – IPC anual (março); consenso 2,40%

22h30 China – IPP anual (março); consenso 0,40%

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis