TC Mover
Mover

Cautela impera após retaliação chinesa à embaixada americana; no radar, IPCA-15, balanços, Eneva: Espresso

Postado por: TC Mover em 24/07/2020 às 7:26

A China cumpriu o que prometeu, e os futuros dos índices americanos recuavam neste início de pregão após o fechamento do consulado dos Estados Unidos na cidade de Chengdu, em retaliação à ordem de encerramento das atividades da embaixada chinesa em Houston. O sentimento de aversão ao risco imperava nos mercados antes do início do final de semana, com receios de que a escalada de tensões entre as duas maiores economias do planeta esteja apenas começando. Na Ásia, os índices sentiram o peso do recado chinês anunciado nesta madrugada e recuaram com força, com destaque para a queda de 3,86% do índice composto de Xangai ,e de 2,21% do HSI, negociado em Hong Kong.

 

Com isso, o dólar americano, medido pelo índice DXY, negociava próximo à estabilidade, à espera de possíveis novas trocas de farpas entre as nações – ontem o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, chamou os líderes chineses de “tiranos”, enquanto o ministério de Relações Exteriores da China acusou o país rival de prejudicar gravemente as relações bilaterais -, e dados do PMI americano, que devem mostrar o avanço da economia em junho. Na Europa, mesmo com os índices de gerentes de compras muito acima do previsto, o sentimento de cautela impera e engatilha alguma realização após as altas da semana com o anúncio do pacote de estímulos ao bloco.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis