TC Mover
Mover

Bolsas sobem com eleição nos EUA, retomada econômica; no radar, Bolsonaro, desemprego, Fed, Opep

Postado por: TC Mover em 08/04/2020 às 18:59

As bolsas subiram com força hoje nos Estados Unidos e no Brasil, com os investidores animados com a perspectiva de um relaxamento das medidas de isolamento contra o coronavírus nas próximas semanas, com a definição mais clara do cenário eleitoral americano e com a indicação de um acordo entre os produtores de petróleo para reduzir a oferta e sustentar os preços. As bolsas mantêm o bom humor iniciado na semana passada e a expectativa de que o pico da pandemia na Europa já ocorreu em alguns países e está próximo de acontecer nos Estados Unidos, o que permitiria a redução das restrições de funcionamento de alguns setores da economia.

Também animou os investidores a decisão do democrata Bernie Sanders de desistir da candidatura à Presidência dos Estados Unidos, deixando livre o caminho para o moderado Joe Biden ser o candidato do partido para enfrentar Donald Trump. A retomada das bolsas, porém, é vista com desconfiança por boa parte dos analistas. A incerteza com a epidemia ainda domina os mercados e mantém a cautela, que pode aumentar nesta quinta-feira, véspera de feriado da Paixão de Cristo e que fechará os mercados até segunda no Brasil e nos Estados Unidos e até terça-feira na Europa.

Amanhã cedo saem os dados semanais de pedidos de seguro-desemprego americanos que podem mostrar se a aceleração continua, depois dos 6,6 milhões de solicitações da semana passada. Também pela manhã, o presidente do Fed, Jerome Powell, fala sobre economia e o que mais o banco central americano pode fazer para socorrer os mercados. No Brasil, as atenções estarão no novo pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro hoje à noite, em cadeia de rádio e televisão, a primeira após a crise que quase levou à demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Já amanhã sai o IPCA de março, inflação oficial usada pelo BC em suas metas, e que pode preocupar se confirmar a aceleração nos preços já detectada no IGP-DI de março e na primeira prévia do IGP-M de abril.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis