TC Mover
Mover

Bolsas globais avançam, Treasuries recuam à espera do relatório de emprego nos EUA

Postado por: TC Mover em 07/06/2019 às 9:40

Os índices acionários na Europa e os futuros das bolsas americanas avançavam na manhã desta sexta-feira, à espera do resultado do relatório de emprego privado de maio dos Estados Unidos, indicador que pode reforçar as apostas por cortes na taxa de juros do país antes do final do ano.

 

Além do número de vagas criadas no mês, o relatório conhecido como payroll trará a estimativa da taxa de desemprego e o crescimento do ganho médio por hora trabalhada. O mercado espera uma adição de 175 mil novas vagas de empregos privados não-agrícolas. Um número menor, porém, é esperado após relatório divulgado pela ADP na quarta-feira, usado como prévia do payroll, ter mostrado geração de 27 mil vagas – o menor patamar mensal em nove anos.

 

Os investidores estão precificando mais de 90% de chance de um corte na taxa Fed Funds em setembro. O Banco Central Europeu disse ontem que deverá reagir a qualquer deterioração no cenário para a economia da região – em mais um sinal de afrouxamento do viés de política monetária nos países desenvolvidos.

 

BOLSAS: Os futuros dos índices S&P500 e Dow Jones Industrials subiam 0,33% e 0,32%, respectivamente, por volta das 07h50 – apontando para uma abertura no maior nível em quase duas semanas. Comentários do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, de que a imposição de tarifas contra importações mexicanas pode ser adiada, contribuem para a alta nos futuros. O índice pan-europeu Stoxx600 subia 0,86%, impulsionado pelos comentários do BCE ontem. Já o índice Nikkei 225 fechou em alta de 0,53%. Os mercados na China e em Hong Kong não abriram hoje devido ao feriado por lá. O VIX, índice que mede a volatilidade dos ativos, cedia 2,45%.

 

MOEDAS: O dólar americano mostrava avanço de 0,10% ante seus pares globais, à espera do payroll. O iene cedia 0,15% ante o dólar americano, enquanto o ouro caía 0,41% a US$1.337 a onça – reforçando o cenário de maior procura por ativos de risco.

 

JUROS: O rendimento dos Treasuries de dez anos mostrava alta de 1 ponto-base a 2,131%, perto do menor patamar em 21 meses.

 

COMMODITIES: Os petróleos WTI e Brent subiam 1,18% e 1,17%, respectivamente, saindo do território de correção, que atingiram na quarta-feira. O minério de ferro não foi negociado hoje devido ao feriado na China, mas subiu 0,9% na quinta-feira, primeira alta em cinco pregões.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis