TC Mover
Mover

Bolsas despencam com guerra do petróleo e coronavírus; no radar, produção industrial, PIB do Euro

Postado por: TC Mover em 09/03/2020 às 18:57

Os mercados financeiros globais viveram o pior dia desde a grande crise financeira de 2008, com os índices de ações das bolsas batendo seus limites de queda e entrando no que os especialistas chamam de tendência de baixa, com perda de mais de 20% em relação à sua máxima mais recente. Os preços das commodities despencaram, acompanhando o petróleo, que perdeu mais de 25% e é agora o novo foco de preocupação dos investidores em meio à guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia em um mercado cada vez com menos apetite por combustíveis pela desaceleração das economias.

 

As quedas das ações se espalharam por todos os continentes, com perdas de 7% na Europa e 8% em Nova Iorque. No Brasil, o Ibovespa perdeu toda a alta do ano passado e voltou ao nível do fim de 2018, a 86 mil pontos, com Petrobras caindo quase 30%, a maior perda da história em um dia. A queda de valor de mercado do Ibovespa no dia foi de R$350 bilhões, equivalente a uma Petrobras e uma Eletrobras juntas.

 

No meio de toda essa crise, analistas apontam para um ponto positivo, que é a expectativa de que a turbulência externa acalme os ânimos entre Congresso e Executivo e facilite a aprovação das reformas. Amanhã saem dados da produção industrial de janeiro, que podem mostrar se a economia brasileira segue fraca neste início de ano, e o PIB da Zona do Euro do quarto trimestre, mas as atenções estarão em declarações de autoridades russas e sauditas sobre petróleo e na expansão dos números do coronavírus.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis