TC Mover
Mover

Ativos de risco recuam à espera de Fed; no Brasil, Copom, balanços dominam as atenções

Postado por: TC Mover em 30/10/2019 às 10:11

Os ativos de risco operam com leve viés negativo na manhã desta quarta-feira, dia de decisões de juros nos Estados Unidos e no Brasil. Apesar da maior procura cíclica por risco, gestores apontam uma piora do quadro técnico – a volatilidade pode disparar e há avaliações esticadas nas ações de algumas grandes companhias. Fique de olho no desempenho divergente entre os índices S&P500 e Dow Jones. O consenso aponta para cortes de juros por parte do Federal Reserve e do Banco Central do Brasil, mas o investidor deve focar na mensagem. No radar, a visita do presidente Jair Bolsonaro à Arábia Saudita, os dados de emprego ADP e do PIB americano, assim como a reação aos resultados trimestrais de RD, Magazine Luiza e Gerdau.

 

Ontem à noite, a TV Globo revelou que a investigação sobre a morte da vereadora carioca Marielle Franco chegou ao presidente Bolsonaro. Em Riad, onde está de visita oficial, Bolsonaro disse às concorrentes Record e Band TV, que está “indignado” com a reportagem – segundo a qual um dos acusados pela morte de Franco teria visitado a casa de Bolsonaro na noite do crime. A Globo, contudo, disse que Bolsonaro estava em Brasília no dia. O depoimento do porteiro do condomínio onde Bolsonaro tem uma casa e onde morava Ronnie Lessa, um dos dois acusados de matar Franco, pode levar a investigação ao Supremo Tribunal Federal, de acordo com jornais.

 

Com praticamente todo o mercado esperando que o Fed corte a taxa básica de juros dos EUA pela terceira reunião consecutiva, a decisão de hoje deve abrir espaço para uma pausa no ciclo de cortes – com a desculpa de que é necessário dar um tempo para assimilar a enxurrada de dados econômicos que sairão até sexta. O Comitê de Política Monetária do BC também deve reduzir a taxa básica de juros Selic em 0,50 ponto percentual, de 5,50% ao ano para 5,00%, a menor da história recente do país. Contudo, não há muito o que comemorar, já que essa redução ocorre em função da fraqueza da economia brasileira e do alto desemprego.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis